Vai na Fé: Lumiar descobre segredo de Sol sobre pai de Jeni e a confronta. “Ben, Theo, mais alguém?”

Advogada fica sabendo através do amigo pilantra que ele passou uma noite com a dançarina


Foto: Reprodução Globo/Montagem

Por Luciana Marques

Nos próximos capítulos de Vai na Fé, Sol (Sheron Menezzes) revela a Lumiar (Carolina Dieckmann) que Theo (Emílio Dantas) pode ser o pai de Jenifer (Bella Campos). A advogada procura a dançarina após Theo admitir que passou uma noite com a moça na juventude. Intrigada, Lumiar vai até o local onde Sol vende quentinhas para tentar falar com ela. Como não a vê, ela liga para a mãe de Jeni.

Sol, que está chegando para o trabalho, atende e pergunta se ela não a deixará em paz. Nesse momento, uma dá de cara para a outra. Lumiar convence Sol a conversar e elas seguem até o carro da advogada. E a esposa de Ben (Samuel de Assis) é direta. “Já sei que você teve um caso com o Theo. Ele também pode ser o pai da Jenifer. Por isso você ficou tão nervosa”, fala ela, lembrando o dia em que Sol passou mal ao ver Theo.

Sol acaba se abrindo, genuinamente. Ela conta que foi só uma noite, no baile. “Eu tava bêbada. O Ben tinha me largado pra ficar com você. Fiquei arrasada”. Com sua lábia de advogada, Lumiar questiona se ela estava bêbada ou arrasada. “As duas coisas!”, admite Sol. Nesse momento, Lumiar a confronta. “Então a Jenifer pode ser filha do Ben, do Theo... Teve mais alguém?”. Sol não gosta do tom da fala da advogada.

A dançarina afirma que Lumiar não é amiga dela e que não lhe deve satisfação de sua vida. E diz ainda que sabe o que ela quer, na verdade. “Arrumar um jeito do teu marido não ser pai da Jeni. A verdade é que eu não sei”, confessa. Lumiar questiona se ela nunca quis saber. Sol garante que o pai de Jeni é Carlão (Che Moais), que a assumiu e a criou com muito amor. “Pra mim, isso basta”. Ela conta também que a filha não falou mais no assunto.

Lumiar afirma que isso é uma boa notícia. Sol pergunta se ela falou algo sobre esse assunto para o Theo. A advogada garante que nunca, por não confiar totalmente nele. Mas lembra que Theo e Ben são como irmãos e é bom Sol ficar ligada. “Já vejo os dois juntos, conversando sobre quem é o pai”, provoca. Sol reage, assustada. “Deus me livre e guarde”. A advogada encerra a conversa dizendo que o trato delas é o mais importante: manter Ben e Jeni afastados.