Além da Ilusão: Violeta e Eugênio são salvos por quem menos esperavam após flagra de Matias

O casal não consegue segurar o fogo e por pouco uma tragédia não acontece


06 de julho de 2022

Foto: Reprodução Globo/Montagem

Por Luciana Marques

Nos próximos capítulos de Além da Ilusão, por pouco Violeta (Malu Galli) e Eugênio (Marcello Novaes) não são flagrados aos beijos por Matias (Antonio Calloni). É dia de carnaval na vila dos operários. O empresário vê a amada e vai até ela. “Que bom que meu palpite estava certo! Queria tanto ficar um pouco a sós com você...”. Violeta pergunta se ele não deveria estar com Úrsula (Bárbara Paz) no baile do cassino. Mas ele fala que a esposa não se mistura com o proletariado.

E que já ele... “Estou doido pra me misturar com você”. Eugênio dá a ideia de eles irem para a sala de projeção, onde verão um “baile” bem mais animado. “Bom, dizem que no carnaval loucuras são permitidas. Vou aceitar seu convite!”, diz ela. Nisso, Benê (Claudio Jaborandy) passa por ali, vê os dois naquele clima e balança a cabeça, contrariado. Nesse mesmo movimento, Matias entra no local seguido pelo enfermeiro e vê Violeta e Eugênio subindo para a sala de projeção.

O ex-juiz fica desconfiado e vai atrás dos sois. Aflito, Benê corre até Heloísa e conta ter visto Matias seguindo o casal. A costureira fica desesperada, até que vê Madá (Vivi Sabino), se aproxima dela e pede a fantasia de bate-bola emprestada. E quando vê Matias entrando na sala do cinema, chega perto dele e começa a bater a bola. O ex-juiz se assusta, perde o equilíbrio e cai, sendo pisoteado por pessoas que passam ali.

Quando ele vai pegar o livro que caiu, começa a ver os risos dos bate-bolas. Heloísa tira a máscara e pede para o enfermeiro levá-lo dali. Eugênio e Violeta acham estranha a movimentação, saem da sala e veem Matias se afastando dali e perguntam o que houve. “Ele quase flagrou vocês. Agradeçam ao Benê por eu ter chegado a tempo, foi ele que me alertou”.

Violeta não esconde a angústia. “O Benê? Então ele sabe?”, diz ela, lembrando ter demitido o administrador desde a descoberta do caso de Olívia (Débora Ozório). Eles saem do local, aflitos, e Eugênio fala que, por um triz, o baile não vira um velório. “Graças ao Benê, que me avisou a tempo que o maluco estava aí atrás de vocês”. Eugênio avisa que irá conversar com Benê, mas Violeta se antecipa e diz que essa missão é dela.

Instantes depois, ela está diante do ex-funcionário e o agradece por ter impedido uma desgraça. “Sei que estou fazendo uma coisa errada, mas entenda que dentro de cada um de nós existem sacrifícios e renúncias que ninguém vê”. Benê diz saber bem a cruz que ela carrega. “Só os santos não erram”. Violeta quer saber se ele guardará segredo do que viu. “Da minha boca não sai uma palavra”, fala ele. A empresário mostra-se bem agradecida.