Terra e Paixão: Lucinda descobre que Anely é a Rainha Delícia e reação surpreende

Berenice desmascara a “piranha virtual” para a gerente da cooperativa deixando Anely arrasada


12 de novembro de 2023

Foto: Reprodução Globo

Por Luciana Marques

Nos próximos capítulos de Terra e Paixão, Lucinda (Débora Falabella) fica sabendo que Anely (Tatá Werneck) é a Rainha Delícia de site adulto. Indignada por Anely estar “puxando seu tapete” no filme Rainha Delícia, Berenice (Thati Lopes) procura Lucinda na pousada e conta tudo sobre a identidade secreta de Anely na internet. Num primeiro momento, Lucinda não entende o que é “Rainha Delícia”, pergunta se a irmã conseguiu o papel no filme.

Mas Berenice é direta. “Sua irmã é uma grande piranha virtual!”. Anely, que está em casa com Luigi (Rainer Cadete), vê tudo, corre para o quarto aos prantos e tranca a porta. Lucinda expulsa Berenice da pousada e segue com o italiano atrás de Anely. “Vai embora, Lucinda. Eu tô envergonhada demais. Me desculpa, irmã!”, diz ela. Lucinda avisa que se ela não abrir a porta, vai derrubar e ela abre.

A gerente da cooperativa pede para o italiano deixar as duas a sós. Anely pede perdão a irmã e diz entender se quiser que saia imediatamente da casa e nunca mais queira vê-la. Anely faz um pedido. “Eu só não quero ficar sem ver o Cristian. Mas eu sei que eu nunca fui como você, eu nunca tive à sua altura, irmã. Me desculpa!”. Lucinda pede para a irmã se acalmar e surpreende dizendo que nunca terá vergonha dela, pelo contrário, sempre se orgulhou da irmã que tem. “A única coisa que me deixa triste é não ter ficado sabendo disso tudo por você”.

Anely afirma que tinha medo da reação dela. “Por quê? Você acha que eu ia julgar uma das pessoas que eu mais amo nesse mundo? Você não tá cometendo crime nenhum sendo a Rainha Delícia”. Lucinda diz que se isso a faz feliz, se é o trabalho dela, não tem motivo para censurá-la. “Eu também nunca fui tão certinha, nem gosto de ser vista assim”. Anely olha emocionada para a irmã e pergunta se ela então a perdoa. “Mas é claro, Anely!”.

A gerente da cooperativa pergunta se ela lembra o que falou para a irmã quando os pais delas morreram no acidente. “Que você não ia me deixar nunca, que a gente ia ficar juntas pra sempre”. Lucinda garante que o amor que sente por Anely só se compara ao que sente por Cristian. “Eu nunca vou deixar de te amar, nunca”. Anely chora, agradece a irmã e também se declara.