Terra e Paixão: Hélio explica “golpe” em Petra e sofre ao ser escorraçado. “Farsante!”

O engenheiro irrompe num choro ao ser dispensado pela amada


04 de dezembro de 2023

Foto: Reprodução Globo

Por Luciana Marques

No capítulo que irá ao ar nesta terça, 5 de dezembro, em Terra e Paixão, Petra (Débora Ozório) termina a relação com Hélio (Rafael Vitti). Tudo acontece após Irene (Glória Pires), Luigi (Rainer Cadete) e Caio (Cauã Reymond) revelarem à jovem que o engenheiro é filho de Agatha (Eliane Giardini) e armou para ele se aproximar dela para colocar a mão em parte da herança de Antônio (Tony Ramos). Petra surte a sai correndo da fazenda.

Ela é acolhida pela sua terapeuta. Mesmo muito abalada, ela resolve confrontar Hélio. O rapaz é chamado para encontrá-la. Assim que ele chega, conta que estava muito preocupado com o sumiço dela. Petra avisa que não quer saber de papo e que é o momento de ouvir da boca dele toda a verdade. Hélio começa frisando que antes de qualquer coisa, ele a ama de verdade. Dura, a jovem pede para ele pular esse assunto.

Hélio conta que tudo foi ideia da mãe, que tinha um plano de vingança contra Antônio. Mas que nunca imaginaria que Agatha começasse a passar dos limites. Ele abre o coração.  “Quando eu aceitei vir pra Nova Primavera com a minha mãe eu não imaginava que era aqui que eu ia conhecer o amor da minha vida...”, diz ele, que rompe em choro, bastante abalado.

Petra afirma que quando ele apareceu em sua vida, de certa forma a transformou. “Você me fez enxergar o mundo de uma maneira diferente, sem medo e sem culpa”. O rapaz diz que ela também fez isso com ele. Petra continua falando. “Com você eu me sentia tão segura que pude me entregar como nunca tinha me entregado pra homem nenhum”. Ela chora, decepcionada. “Você pode imaginar o vazio que eu senti quando descobri que esse Hélio não existia de verdade?”.

O engenheiro tenta explicar que nunca foi falso com ela. “Esse Hélio” tá aqui, implorando perdão...”. Mas Petra não lhe dá ouvidos. “Não, esse homem que tá na minha frente é um farsante que usou os meus sentimentos e os meus traumas pra se aproximar de mim com o pretexto de uma vingança mesquinha, que eu nem  sei se é verdadeira”. Petra fala ainda que ele é a prova viva de que não se pode depositar a próprioa existência na mão de qualquer um.

O engenheiro insiste que não é qualquer um. “Nós nos amamos e fizemos planos de ser felizes juntos! Vamo embora daqui, vamo pra longe de toda essa maldade!”. A jovem afirma que é tarde demais e que talvez até deixe Nova Primavera, mas sozinha. “Agora por favor, sai daqui e não me procure nunca mais”, diz ela, com lágrimas nos olhos, mas firma. Hélio fica devastado, cai em prantos e se retira, derrotado.