Cara e Coragem: Pat descobre que Lou é sua irmã após acidente grave

A jovem capota carro durante gravação e precisa de doação de sangue raro


15 de setembro de 2022

Foto: Reprodução Globo/Montagem

Por Luciana Marques

Nos próximos capítulos de Cara e Coragem, Pat (Paolla Oliveira) descobre da pior maneira que Lou (Vitória Bohn) é sua irmã. A jovem está escalada para participar de uma gravação de capotagem de carro com com Pat e Moa (Marcelo Serrado). Mas Lou chega para o trabalho um tanto transtornada, após saber que Márcia (Alana Ferri) estaria grávida de Rico (André Luiz Frambach), o que é na verdade um grande mal-entendido. Ela tenta disfarçar dos colegas a tristeza.

Antes do “gravando”, Moa explica para Lou que ela deve dirigir numa linha reta, sendo que ele, de moto, e Pat, num outro veículo, farão a manobra mais arriscada. A ação inicia, Lou começa a lembrar da suposta “traição” de Rico, ela erra a rota, vai em direção à rampa e o carro capota. Logo surgem os paramédicos, Pat e Moa acompanham o resgate nervosos. A jovem perde muito sangue e é levada ao hospital. Olívia (Paula Braun) é avisada e chega rápido, desesperada.

Pouco tempo depois, o médico informa que o estado de Lou é delicado e que por ter perdido muito sangue, precisa de uma transfusão. Mas já avisa que o sangue da jovem é raro: de Bombaim. “Descobri quando Lou precisou de transfusão quando criança e só uma pessoa pode ajudar agora: o pai dela. Eu já avisei do acidente, espero que ele chegue logo”, fala. Nisso, Pat avisa que também já ouviu falar desse sangue por conta do pai. Instantes depois, Joca (Leopoldo Pacheco) chega e a dublê se surpreende “Pai, eu ainda tava escrevendo a mensagem, como você chegou aqui?”, quer saber ela.

Preocupado, Joca nem ouve direito e a filha e já pergunta onde está Lou. Olívia é quem responde. “Tá lá dentro. Vem, pelo amor de Deus, que a nossa filha está precisando do seu sangue”. Todos ali, menos Rico que já sabia, olham para Pat. A dublê olha para o pai e também tenta entender o que está acontecendo, até que chega uma enfermeira. “Com licença, o pai da paciente chegou?”, pergunta. Desesperada, Olívia diz que sim e chama por Joca. “Vem Joca, rápido! Você precisa doar o sangue”.

Pat e Alfredo (Carmo Dalla Vecchia), que também está ali, parecem incrédulos. “O que tá acontecendo aqui, Alfredo?”, indaga ela. O designer diz que também não entendeu nada. “Ou melhor, não tô querendo acreditar”. Moa questiona todos ali se ele entendeu direito, que Joca é pai da Lou. “O João Carlos e a Olívia...”, fala Armandinho (Rodrigo Fagundes). Pat  afirma que isso é impossível e não é verdade. Até que Rico se pronuncia. “Sinto muito você descobrir assim, Pat. Eu soube há pouco tempo, e é isso mesmo. Você e a Lou são irmãs”.

Pat fica em choque. Momentos depois, ainda no hospital, ela é consolada por Moa. “Meu pai. Você tem noção, Moa? Meu pai e a Olívia? Há quanto tempo isso acontece? Olha a idade da Lou!”, diz, muito abalada. Logo, ela lembra que para ela o pai foi companheiro, mas para Lou, um pai péssimo. “Ah, Lou! Por que você não me falou?”, diz. Moa lembra que a jovem pode ter se aproximado de Pat por isso. E a dublê começa a lembrar do momento em que conheceu a irmã. E quando Joca aparece, ela encara o pai e o chama para uma dura conversa.