Topíssima:  Sophia é presa acusada de chefiar tráfico

Ricaça se surpreende ao ver Graça e Edevaldo revelarem que são policiais


  • 25 de julho de 2019
Foto: Blad Meneghel/Record TV


 

O capítulo que irá ao ar nesta quinta-feira, dia 25, promete uma reviravolta, em Topíssima. É que Sophia (Camila Rodrigues) receberá voz de prisão de nada mais nada menos do que Graça (Rayanne Morais) e Edevaldo (Eri Johnson).

Tudo acontece quando Edison (Bruno Guedes), que foi preso por tráfico de drooga, apontar Sophia como a chefe da organização criminosa na Universidade. Assim, o delegado André (Sidney Sampaio), que já desconfiava dela, manda prendê-la.

E são destacados para a missão Graça e Edevaldo, que até então estavam na “missão” disfarçados. Os dois chegam na Universidade Alencar justamente quando Sophia, Antonio (Felipe Cunha) e alguns estudantes festejam a retomada da bolsa de estudos de Gabriela (Rafaela Sampaio).

 

Assim que vê Graça e Edevaldo, Sophia estranha vê-los de uniforme. “Graça? Edevaldo? Que roupas são essas? Tem alguma festa à fantasia aqui na Universidade?”, quer saber ela. “Não é fantasia não. É realidade, dona Sophia. Somos da polícia”, conta Graça. Eles assumem suas verdadeiras identidades, e Graça dá voz de prisão à Sophia. “O que importa agora é que a senhora está presa, dona Sophia. Queira nos acompanhar”, diz a policial.

 

Rayanne Morais, a Graça: “Há o momento de plantar e o de colher”

Felipe Cunha: “De onde vim, nunca imaginei protagonizar uma novela”

 



Veja Também