Topíssima: Lara recebe o pai de Andrea em sua casa

Ela revela ao ex-amante que engravidou no passado e que eles têm uma filha


  • 17 de setembro de 2019
Foto: Blad Meneghel/Record TV


A doida da Lara (Cristiana Oliveira) vai surpreender mais uma vez. Com medo das ameaças de Sophia (Camila Rodrigues) de revelar a todos quem é o pai de Andrea (Letícia Peroni), ela se adianta.

Por telefone, marca um encontro em seu apartamento com o ex-amante. E daquele seu jeito sem noção, ela faz a grande revelação.

Essa sequência deve ir ao ar a partir do dia 20 de setembro.

LARA SOBRE TER ESCONDIDO A GRAVIDEZ: “IMAGINA EU, ATRIZ DE FAMA INTERNACIONAL GRÁVIDA DO AMANTE, UM POLICIAL. OS JORNAIS IAM CAIR MATANDO. MELODRAMA DE QUINTA” 

Muito bem vestida, Lara aguarda no sofá. A campainha toca. A ricaça respira fundo e abre a porta. “Como nos velhos tempos... Pontual”, diz ela. Nesse momento, a câmera revela a identidade de seu ex-amante: Dagoberto (Kadu Moliterno). “Esperava nunca mais ter que olhar na sua cara. Mas aqui estou”, fala ele, sério. “Falando em cara, a sua está péssima, desculpa comentar. Os anos não foram gentis com você”, alfineta a perua.

Ele responde que muita decepção faz isso com as pessoas. “Vamos logo ao assunto? Não tenho tempo a perder com gente traiçoeira. Que história é essa de filha? Como isso aconteceu?”, pergunta. “Como? Ah, Dagoberto... Você sabe. Ou acha que os bebês são trazidos pela cegonha?”, debocha ela. Dagoberto perde a paciência e pega com força no braço dela. “Não sou mais seu capacho pra aguentar piada”, diz. assustando a milionária. “Está machucando meu braço”, diz ela.

Ele a ameaça. “Arranco ele fora se não parar com a gracinha. Nunca suportei seu cinismo”, afirma. “E eu sempre adorei seu lado troglodita. Sinceramente? Foi isso que me atraiu em você”, admite ela. O policial aposentado torce o braço de Lara, que geme de dor. Ele pede para ela parar com piadinhas. “Fala de uma vez, sua megera! Quando engravidou?”, quer saber ele. “Lembra quando terminamos de vez e passei uns meses na França? Foi nessa época”, conta ela. “Você escondeu... Tinha que ter me contado!”, afirma ele.

Ela fala que seria um escândalo. “Imagina eu, atriz de fama internacional, grávida do amante, um policial ainda por cima. Os jornais iam cair matando! Melodrama de quinta categoria”, constata. Ele se enfurece ainda mais. “Onde foi parar essa moça, a minha filha?”, pergunta. Nisso, a perua percebe que ele não usa aliança. “Ficou pra titio?”, quer saber ela. Ele se aproxima ameaçador, e ela pede desculpas. “Fala de uma vez! O que fez com a menina?”, indaga. “Fiquei apavorada. Não tive coragem de abortar, mas não queria a criança na minha vida de jeito nenhum! Em Paris, juntei o útil ao agradável”, conta.  

DAGOBERTO À LARA: “VOCÊ ME LEVOU PRO FUNDO DO POÇO. ACABEI PERDENDO TUDO, PROFISSÃO, MEU FUTURO, SÓ PENSAVA EM VOCÊ”

Ela revela que após o parto fez uma plástica completa. “Voltei novinha em folha, com o bebê nos braços... E entreguei a uma família pra adoção. Os anos passaram. Nunca mais soube dela, nem fiz questão”, conta. “E eu? Não tinha o direito de saber disso?”, questiona ele. “Não é óbvio, Dagoberto? Lembra o que passei contigo quando tentei dar um fim ao nosso romance extraconjugal?”, fala ela, lembrando de encontro em que ele estava embriagado e agressivo.

Dagoberto se envergonha da lembrança. “Mudei muito. O Carlos não é o único. Fui perdidamente apaixonado. Você me levou à loucura. Mas aquele Dagoberto instável não existe mais”, diz. “Ah, Dadá... Entendo você. Eu, linda, maravilhosa...”, fala ela. “Você me levou pro fundo do poço. Acabei perdendo tudo que tinha, minha profissão, meu futuro, só pensava em você”, lembra ele. Eles discutem e Dagoberto pergunta. “Onde está nossa filha? Se é que não é mais um de seus truques pra me torturar”, diz ele.

Ela conta como Sophia descobriu a história e colocou detetives para encontrar a irmã. “Ela sabe que sou eu?”, indaga Dagoberto. “Pois é. Os malditos detetives devem ter descoberto nosso tórrido caso de amor”, diz ela. O ex-policial lembra que ela tinha vários homens, mas Lara confessa que na época só se envolveu com ele. “Tão difícil de aceitar... Esses anos todos, eu sou pai?”, fala ele. Mesmo perplexo, ele se prepara para sair.

Mas Lara o contém. “Quer que eu brinde com você toda essa mentira? Ou tem mais alguma bomba pra contar?”, diz ele. “Não. É só isso mesmo. Você tem uma filha. O nome dela é Andrea. Mas não perdeu nada. A garota é insuportável”, diz a ricaça. “Chega. Não temos mais nada a conversar”, fala ele. “E o que vai fazer a esse respeito?”, quer saber ela. “Não te devo a menor satisfação! Você engravida, dá a criança e me procura quinze anos depois? Francamente!”, fala ele. “Posso contar com sua discrição?”, pede ela.

Dagoberto diz para  que ela não conte com ele para nada. “Só devo lembrá-lo que, se abrir essa história publicamente, outros fatos do nosso passado secreto também virão à tona”, ameaça ela. “Entendo. Se eu jogar lama na sua reputação...”, diz ele. “Vai respingar em você. Garanto que vai ficar mais sujo do que eu. Imundo, pra falar a verdade”, afirma a víbora.

Topíssima: Sophia e Antonio tem conversa sofrida e definitiva

Topíssima: Mariinha diz à Sophia para ficar longe de Antonio

 



Veja Também