Topíssima: Andrea decide ir embora, mas se comove com reação de Sophia

Jovem fica aflita ao ver a irmã perder a presidência da empresa por sua causa


  • 01 de setembro de 2019
Foto: Reprodução Record TV


Após tenso embate com a mãe, Lara (Cristiana Oliveira), Sophia (Camila Rodrigues) acabou mesmo perdendo a presidência.

Tudo porque ela causou a ira de Lara ao encontrar sua meia-irmã Andrea (Letícia Peroni), abandonada pela perua ainda recém-nascida, por ser fruto de uma traição.

Essa sequência deve ser exibida no dia 3 de setembro.

ANDREA COMOVE SOPHIA: “SE VOCÊ QUISER, EU VOLTO PRA INSTITUIÇÃO. AÍ VOCÊ VAI PODER SER PRESIDENTE DE NOVO”

Após ver o estado em que a irmã chegou da reunião, Andrea fica aflita. Ela está tensa, encolhida em um canto, roendo as unhas, e olhando em direção ao quarto de Sophia. Ela levanta, vai até a porta, mas perde a coragem e volta. A jovem fica ali num vai não vai durante um tempo. Até que respira fundo e abre a porta, devagar. Ela entra de mansinho, o ambiente está à meia luz.

Sophia está deitada e chora, baixinho. Ela não percebe a aproximação da irmã. Com expressão pesarosa, a menina chega na cabeceira da cama, se agacha e olha para a irmã. “Tá chorando?”, pergunta. Sophia leva um susto com a presença da jovem e disfarça. “Não... É... Rinite alérgica”, fala. Andrea sorri, amorosa. “Não sabia que você tinha isso”, fala.

Sophia faz um ironia. “Rinite alérgica à nossa mãe Lara. Como não percebeu até hoje?”, diz. Andrea solta um sorriso tímido. “Quer que eu peça comida pra você? Ou aquela torta doce com morangos? Prometo não ficar de zoião”, afirma a garota. “Não, obrigada. Estou sem fome. Não vai descer nada”, admite a empresária. “Sei bem como é...”, assente Andrea. 

A jovem fica ali, em silêncio, observando a irmã com ternura. Ela faz um carinho nos cabelos de Sophia. “Me perdoa, Sophia”, diz. “Pelo quê?”, quer saber ela.  “Não queria que isso tudo tivesse acontecido por minha culpa”, ressalta Andrea. “A culpa não é sua...”, afirma Sophia. “Se você quiser, eu volto pra instituição. Aí você vai poder ser presidente de novo”, deduz a jovem.

SOPHIA À ANDREA: “DEPOIS DO ANTONIO, VOCÊ FOI A MELHOR COISA QUE ME ACONTECEU”

Sophia se comove com a atitude da menina. “Ô, Andrea...”, diz. “Aí a gente pode se encontrar escondidas! A botocuda não vai nem saber!”, planeja a garota. Sophia ri, compadecida com a irmã. Ela senta na cama e enxuga o rosto. “Você faria mesmo isso por mim?”, quer saber. “Na boa”, diz a menina. Sophia se emociona. “E... Posso saber por quê?”, pergunta. “Sei lá... Até que eu acho você legal e... Não é justo você perder a presidência por minha causa”, constata Andrea.

A menina se levanta e vai pegando algumas roupas suas no closet. Sophia observa. “Tá fazendo o quê?”, pergunta. “As malas, ué... Se bem que mala mesmo eu não tenho não. Onde será que a Tina guarda as sacolinhas do mercado, hein?”, quer saber. Sophia se levanta, vai até a jovem e a abraça por trás. “Depois do Antonio, você foi a melhor coisa que me aconteceu”, confessa.

Andrea olha para a irmã. “Você tá lembrando que tem esse closet maravilhoso?”, diz. Sophia sorri. “Eu já tinha ele, mesmo assim, fui atrás de você... Afinal, não tem graça dar bronca no closet”, fala. As duas riem, cúmplices. “Pensa bem. Com ele você não precisa dividir a tortinha doce”, diverte-se Andrea. “É verdade. Mas também não dá pra fazer cosquinha nele!”, lembra Sophia, que faz cócegas na irmãs. As duas riem e acabam num abraço fraterno.

Topíssima: Madalena implora que Antonio procure Sophia

Topíssima: Sophia descobre quem é o pai de Andrea



Veja Também