Salve-se Quem Puder: Kyra se entende com as crianças e Alan fica encantado

A babá muda tática após cair na armação dos pequenos pestinhas


  • 17 de fevereiro de 2020
Foto: Montagem


Por pouco, Kyra (Vitória Strada) não se machuca com a armação de Queen (Alice Palmar) e Mosquito (Ygor Marçal), que colocaram cera e gel na sala de casa para a babá escorregar.

Após “salvar” a moça e cair junto com ela após várias esorregadas, Alan (Thiago Fragoso) coloca os filhos de castigo. Mas Kyra tenta amenizara a “punição” e encanta o advogado.

Essa sequência deve ser exibida no dia 21 de fevereiro.

KYRA: “SEU ALAN, MINHA CONDIÇÃO PRA FICAR É QUE... O SENHOR TIRE AS CRIANÇAS DO CASTIGO”

Alan ordena que os filhos limpem tudo o que fizeram e os coloca de castigo. Entre as punições, ficar sem celular, vídeo game, bonecas, bichos... “Pai, tá pegando pesado”, fala Tarantino (Daniel Rangel). “O que eles fizeram foi grave! A Cleyde podia ter se ferido”, lembra o advogado. “Só espero que a Cleyde não peça demissão...”, emenda ele. Nisso, a babá entra. “Eu não vou pedir demissão. Bom, se vocês não quiserem”, fala.

Todos se viram pra ela. “Claro, por mim cê fica. Tava dizendo pra eles que essa brincadeira de mau gosto podia ter sido perigosa. Já botei os dois de castigo pra ver se aprendem!”, conta Alan. Mosquito e Queen estão emburrados, num canto. “Não sei nem como me desculpar com você”, diz o viúvo. “Eu sei...”, fala Kyra. “Vai pedir mais um castigo pro papai”, deduz Mosquito. “Seu Alan, minha condição pra ficar é que... O senhor tire as crianças do castigo”, afirma ela.

Alan se surpreende. “Eles precisam entender que toda ação tem uma consequência!”, diz ele. “Eles podem entender, mas quem sabe de outro jeito? Posso falar com eles a sós?”, pede a babá. As crianças estão intrigadas diante de Kyra no escritório. “Já vou logo avisando, cê não é nossa mãe pra dar bronca na gente!”, fala Mosquito. “Por que cês acham que eu vou dar bronca?”, pergunta ela. “Ué... A gente lambuzou o chão da sala...”, fala Queen.

Kyra lembra que ela caiu várias vezes, e ri. “Tombo na TV é engraçado, né? Também acho. Mas na vida real... Tombo pode machucar. Doeu muito ficar caindo. E sentir dor não é engraçado, é?”, fala. Os pequenos fazem que não. Nisso, Alan se aproxima da porta, sem ser visto. E sorri. “Eu sou magrinha, não tenho muito músculo... (ela mostra o muque) Podem pegar. Eu podia ter a quebrado o braço. Batido a cabeça. Era o que cês queriam?”, indaga.

KYRA SE DESPEDE DE ALAN COM UM BEIJO NO ROSTO: “ESSA BABÁ É INCRÍVEL”

Mosquito garante que era só um susto, mas não era para quebrar nada. “Então era pra perder os dentes, ficar baguela?”, ela pega um papel e coloca na boca, como se ficasse sem dente. As crianças riem. “Até que pra adulta você é engraçada”, diz Queen. “Não era pra machucar. Era só pra assustar”, fala Mosquito. No fim da conversa, Kyra combina com eles que se tiverem muita vontade de assustar alguém, pensem antes de a pessoa pode sair machucada. Queen dá a mão para Kyra e diz: “Fechado!”.

Kyra pede para Mosquita também colocar a mão. “Não sabe que é assim que faz acordo?”, fala ela. O menino obedece e os três ficam de mãos dadas. Ali próximo, Alan se emociona com a cena. Um pouco depois, o advogado leva Kyra até a porta. “Era pra você ficar umas horinhas com os meninos e acabou passando o dia todo. Vou pagar hora extra, não se preocupe”, fala. “O senhor sabe que não tô aqui só por dinheiro. É pela Alexia, também. Ela ia ficar feliz de saber que tô perto da família dela. Do avô que ela tanto amava”, afirma ela.

Alan fala que até agora não entende como Alexia (Deborah Secco) nunca havia falado dela. “O senhor viu a carta, tô falando a verdade”, garante Kyra. “Não é isso. É que não se esconde uma amiga tão... Sensível, carinhosa, que se preocupa com os outros. O jeito como cê falou com as crianças... Eu nunca consegui”, admite ele. “Eu adoro criança. Sou louca pra ter um filho meu, aliás vários”, conta ela. “A nossa vida tem sido muito difícil depois da morte da Roberta. Tento fazer a coisa certa, mas parece que nunca é suficiente pra eles”, confidencia ela.

Kyra fala que o grande segredo é a paciência. “Deve ser um trauma enorme perder a mãe tão cedo. Mas tô aqui pra ajudar no que precisar. Tenho que ir... Tchau”, despede ela, que beija o rosto dele, mas se toca da gafe. “Perdão! Babá não dá beijo no patrão... É que eu comprimento meus amigos assim e...”, tenta minimizar ela. Alan ri. “Me cumprimenta como quiser. Se você era amiga da Alexia, é minha também”, garante ele. Kyra dá tchau e vai saindo. O advogado a olha, impressionado. “Essa babá é incrível”, diz para si, já com olhos de apaixonado.

Salve-se Quem Puder: O primeiro beijo de Tarantino e Bia

Salve-se Quem Puder: Helena flagra Luna mexendo em sua Virgem de Guadalupe



Veja Também