Salve-se Quem Puder: Alexia revê Renzo e provoca ciúmes em Zezinho

Caipira fica arrasado ao perceber que a atriz ainda gosta do “bandido”


  • 08 de fevereiro de 2020
Foto: Reprodução Globo


O páreo vai ser duro. Enquanto o público está achando superfofo o romance tipo gato e rato de Alexia (Deborah Secco) com Zezinho (João Baldasserini), aguarde que o bonitão Renzo (Rafael Cardoso) está de volta.

Nos próximos capítulos, enquanto atravessa a rua com o caipira, a atriz vê o “bandido” e se desespera. Ela acaba fingindo um tombo para disfarçar, mas piora a situação.

Essa sequência deve ser exibida no dia 18 de fevereiro.

ALEXIA FICA PASSADA AO SER CONFRONTADA POR ZEZINHO SOBRE RENZO

Renzo vê a jovem caída com Zezinho e, sem reconhecê-la, já que ela tenta esconder o rosto, oferece ajuda para levá-los ao hospital no seu carro. Eles negam, até que as pessoas em volta insistem para eles entrarem no caro. O “bandido” é muito solícito, mas Zezinho faz de tudo para ele não falar muito e nem olhar para o rosto de Alexia. Ele os deixa no hospital, e a atriz cai no choro.

Assim que chega em casa, Alexia leva um esporro de Zezinho por toda a situação em que se meteram. “Não é só a sua vida que tá em perigo, tem as vida da Luna, da Kyra... Todo um trabalho da Polícia Federal pra proteger ocês. Cê não pode botar tudo a perder por causa de uma noitada com um marginal”, diz ele.

Perplexa com o que ouviu, Alexia dá um tapa na cara de Zezinho. “Olha como cê fala comigo! Não é porque tá me protegendo que tem o direito de falar dessa maneira! Cê não sabe de nada! Nada!”, afirma ela, com lágrimas nos olhos. Zezinho sente. “Descurpa, num quis ofender. Má tenho um trabalho pra fazer. Cuidar e proteger cês três!”, fala.

Alexia continua se defendendo. “Cê acha mesmo que eu queria que o Renzo me visse? Esse homem quis me matar! Foi atrás da gente no hotel! Se aquele carro não tivesse capotado. Eu e as meninas... A gente ia tar morta de verdade!”, constata.

ZEZINHO DESABAFA SOBRE ALEXIA COM A GALINHA FILIPA: “SE UM DIA TIVE ESPERANÇA DE TER ALGUMA COISA COM ELA, FOI TUDO PRAS CUCUIA... ELA É VIDRADA NO BANDIDO”

Zezinho encara Alexia. “Então, se ocê sabe disso, por que ficou tão baratinada quando viu o sujeito? Eu vi seu olhar... Seu choro no hospital...”, diz ele. “Quer saber mesmo? Porque eu realmente gostei dele. Foi só uma “noitada”, como cê disse, mas... Eu nunca senti com ninguém o que eu senti pelo Renzo”, diz.

Mas ela faz tranquiliza Zezinho. “Mas não se preocupa. Não sou louca de por esse sentimento na frente da minha segurança, da segurança das meninas”, garante. “Eu... Eu, exagerei... Não devia ter desconfiado d’ocê...”, fala o caipira. Alexia conta que ficou sem reação ao encontrar Renzo na rua. “A única coisa que me veio a cabeça foi fazer o que eu sei de melhor... Atuar. E fingi o desmaio. Desculpa se minha atuação não te convenceu”, fala.

Alexia sobe para o quarto. Arrasado, Zezinho segue para o quintal e vê Filipa em seu ninho. Ele abre o coração. “Perdi o prumo, Filipa. Acabei magoando a Alexia. É que a danada me tira do sério...”, diz ele. Filipa faz um som, como se dissesse que está entendendo ele. “Esquece... Se um dia eu tive esperança de ter alguma coisa com ela, foi tudo pras cucuia... Ela é vidrada no bandido... Como é que pode? ... Vai entender cabeça de muié?”, fala.

Filipa cacareja. “Eita, num quis ofender ocês do sexo feminino... Fiz burrada... Deixei meu ciúme falar mais alto. Má doeu ouvir que ela ainda é doida pelo bandido... Ô, se doeu...”, diz ele. Nisso, Filipa sai do ninho e fica entre as pernas dele. “Também num precisa deixar seus ovo pra vir consolar esse grosso aqui”, fala ele, carinhoso com a galinha.

Salve-se Quem Puder: Kyra se joga no colo de Alan no primeiro encontro

Salve-se Quem Puder: Luna revê Téo, o “anjo que salvou sua vida”



Veja Também