Renata Dominguez será a “louca” amante do príncipe em Deus Salve o Rei

“Sempre fui exigente demais comigo, ando dando mais carinho para a Renata”


  • 04 de janeiro de 2018
Foto: Globo/João Cotta


Por Redaçao

Com 25 anos de carreira artística, Renata Dominguez não é muito chegada a zona de conforto. “Acho que falei tanto que sou movida a desafios que a vida meio que traz isso para mim o tempo inteiro”, diz. Depois de mais de 10 anos de Record, e após atuar em Sol Nascente, em 2016/2017, ela fará novo trabalho na TV Globo. Será uma participação especial nos primeiros capítulos de Deus Salve o Rei, com estreia na próxima terça, dia 9.

Sua personagem será a “louca” Belisa, amante do príncipe mulherengo e inconsequente Rodolfo (Johnny Massaro), que vai se tornar Rei de Montemor. “Ela é imprevisível, o que é muito bom!”, avalia.

Como a Belisa, de Deus Salve o Rei. Foto: Globo/Marília Cabral

Início da carreira no Equador

O DNA artístico de Renata apareceu cedo. Quando seu pai foi tranferido para trabalhar no Equador, ela participou de um curso de dança naquele país. E logo chamada para um teste de bailarina para um programa infanto-juvenil. Mas a vaga acabou sendo de apresentadora.

Apresentadora no Equador. Foto: Reprodução YouTube

Aos 12 anos, de 1993 a 1999, ela comandou atrações de game, ao vivo, intercolegial... Com tanto sucesso, chegou a ser embaixador da Unicef e representante oficial da marca Walt Disney no Equador. De volta ao Brasil, sua estreia como atriz foi em 2001, como a Solene, de Malhação. A personagem caiu tanto nas graças do público, que participou de três temporadas, da 8ª a 10ª.

A Solene de Malhação. Foto: Reprodução YouTube

Depois, foi contratada pela Record, onde fez papeis como a Branca Villela, de Escrava Isaura, 2004, e a Paty Lopo, de Prova de Amor, 2005. Suas protagonistas Cecília, de Bicho do Mato, 2006, a vilã Valquíria, de Amor e Intrigas, 2007, e a Sofia, de Promessas de Amor, 2009, também chamaram muito a atenção. Assim como a sensual Bate-Seba, uma das mulheres do Rei Davi (Leonardo Brício), em que a atriz “causou” com cenas de nudez, na minissérie bíblica.

A Bate-Seba, de Rei Davi. Foto: Divulgação/RecordTV

 "Foi um desafio, porque a Belisa é completamente louca, impulsiva, intensa, imprevisível, perigosa. Ela é uma mulher completamente fora da curva, dos padrões da época."

Como foi o convite para participar de Deus Salve O Rei?

Eu nunca tinha trabalhado com o Fabrício (Mamberti, diretor artístico), a gente se esbarrava, acho que já fiz alguns testes para ele para outras produções. E acabou que fui convidada por ele para essa novela. É uma participação muito especial. Foi um desafio, porque ela é completamente louca, impulsiva, intensa, imprevisível, perigosa, mas tem seus encantos. Ela é uma mulher completamente fora da curva, dos padrões da época. A novela está uma coisa deslumbrante. Acho que é um privilégio para todos que estão participando. Há muito tempo não via uma novela tão rica, em todos os sentidos, trama, cenários, figurino. As imagens são de arrepiar.

Quantos capítulos ela participa?

É uma participação nas primeiras semanas, mas acho que ela tem chance de voltar. Acho que ela volta para atazanar a vida do Rei (risos). É bem a cara dela, encrenca na certa, Belisa é maluca. Ela está no núcleo de humor. Eu contraceno com o Johnny (Massaro) o tempo inteiro. Ela é casada, o que não a impede de trair o marido, isso na era medieval (risos). Não é uma personagem cômica, mas situação é engraçada porque ela é completamente inconsequente. Você não vai conseguir traçar um raciocínio lógico dela, porque é imprevisível, o que é legal, muito bom.

Com o namorado, Marcio Bruzzi. Foto: Reprodução Instagram

"É tudo muito novo. Aliás, em todos os sentidos. Na carreira, na vida pessoal também. Acabei de completar um ano de namoro."

Você já tinha feito algum personagem parecido com ela?

Não se parece com nada do que interpretei. Mesmo as vilãs que eu fiz, que tendem a ser inconsequentes, imprevisíveis, elas tinham uma linha de raciocínio coerentes, claro, coerência no mundo delas. Mas a Belisa, não, ela pode qualquer coisa, pode aparecer em qualquer momento. Ela bagunça a trama.

O que acha da caracterização desse tipo de novela?

Eu adoro época. Estava com saudades de fazer. Parece que você se transporta no tempo quando a gente entra aqui cidade cenográfica. Fora que eu achei sensacional essa história dos galpões. realmente parece que você está entrando em Montemor. É mais fácil até de você assimilar a realidade da época e acreditar no que está fazendo. Eu tenho muito prazer, eu me realizo fazendo época.

Como está esse momento de sua vida e carreira, após ficar 10 anos na Record, agora já na segunda novela da Globo...

É tudo muito novo. Aliás, em todos os sentidos. Na minha vida pessoal também está tudo muito novo. Acho que eu falei tanto a vida inteira que sou movida a desafios que a vida meio que trás isso para mim sempre. Agora, mais do que nunca, porque estou morando sozinha, coisa que nunca fiz, o meu namoro (com o advogado Marcio Bruzzi), que completou agora um ano. Eu só posso esperar que em 2018 só tenha boas notícias para compartilhar com o público em breve. Porque não me vejo fazendo outra coisa, eu amo o que faço. Que continuem vindo os desafios. Eu espero que a Belisa volte porque ela tem muito o que render.

"Eu sou uma pessoa que mergulha de cabeça no trabalho, então, sinto prazer em fazer papeis em núcleo de humor, me deixa mais leve."

Foto: Reprodução Instagram

Curte papeis nesta linha mais cômica, em núcleo de humor?

Eu fiz muito drama ao longo da minha carreira. Já fiz humor também, papeis que tinham veia cômica, as vilãs têm isso. Fiz o filme com o Leandro Hassum, Vestido pra Casar, que foi comédia rasgada. Me divirto fazendo. Eu sou uma pessoa que mergulha de cabeça, então, sinto prazer em fazer, me deixa mais leve.

Você sempre disse ser muito exigente consigo mesma no trabalho, de se entregar, crítica... Continua assim?

Eu acho que eu mudei. Eu estou mais light, estou mais eu. Antes, quando eu trabalhava, dizia que tinha saudades da Renata. Agora, ando dando mais carinho para a Renata, eu estou sendo prioridade da minha vida no momento. 



Veja Também