Orgulho e Paixão: A primeira vez de Ema e Ernesto

Após susto, baronesinha e italiano tem noite quente de amor


  • 21 de agosto de 2018
Foto: Globo/Victor Pollak


Depois de todas as grandes emoções do casamento surpresa, Ema (Agatha Moreira) e Ernesto (Rodrigo Simas) ficam, finalmente, a sós para aquela que será a primeira noite de amor do italiano com a sua baronesinha. A tão esperada sequência deve ir ao ar nesta terça, 21 de agosto.

Feliz da vida, Ernesto entra carregando Ema, roda e dança com ela no colo. Até que caem juntos na cama, se agarrando, no mesmo quarto que era da jovem na Fazenda Ouro Verde. “Não acredito que estou de volta a esse quarto. E agora, casada!”, constata ela.

Apaixonado, ele emenda. “Não acredito que estou de volta a esse quarto. E agora, seu marido. Tantas vezes que entrei por aquela janela e fui enxotado”, diverte-se Ernesto.

E ela faz uma confissão. “Em todas elas eu queria que você ficasse”, diz. “Pois agora eu fiquei. De vez e pra sempre”, fala ele. Os dois beijam-se apaixonados.

Orgulho e Paixão: A noite de núpcias de Elisabeta e Darcy

Orgulho e Paixão: Brandão e Mariana marcam casamento

O CLIMA PEGA FOGO, E A BARONESA DÁ UM SUSTINHO NO MARIDO

Eles trocam declarações para o tão aguardado momento. “E parece que chegou a hora do próximo passo. De derrubar as muralhas de Jericó que levantávamos todos os dias antes de dormir. Até a noite de hoje”, fala Ema, tensa. “Tudo para nos tornarmos um só. De corpo, porque de alma já sou seu desde que nasci mesmo sem saber!”, devolve ele.

Agarrados, com o clima pegando fogo, Ema se desvencilha. “Mas infelizmente não vai ser possível, esposo”, diz. Ela explica que um dia antes ele a esnobou quando ela bateu no quarto dele. “Ema! É porque eu sabia da surpresa de nosso casamento hoje! E quis valorizar nossa espera!”, explica ele, tentando ganhar outro beijo.

E os dois continuam naquela de gato e rato, até que se encaram, olho no olho, com as bocas próximas. “E quando não tiver mais que me esperar, marido? Vai continuar pulando minhas janelas, invadindo minhas portas, roubando minhas maçãs, minha paz e meu juízo?”, pergunta ela.

Ernesto a laça pela cintura e abre um sorrisão. “Pra sempre! Porque um dia na vida você ousou olhar pra mim. E desde então, não sei mais viver sem esse delicioso desassossego que você me causa, Ema”, diz ele. “Então me mostra que todas as muralhas que levantamos valeram a pena? Que essa noite será suculenta e especial como eu sempre esperei”, pede ela.

Nisso, o italianinho começa a abrir os botões do vestido da amada. Ela solta os cabelos e sorri para o seu amor. Tira a camisa dele. Após beijá-la, ele a agarra de vez, num tranco. Ela pula em seu colo e eles caem juntos na cama. O resultado é uma noite quente de amor.



Veja Também