Myrella Victoria: “Assim como a Jade, eu sou muito intrometida”

Talentosa atriz mirim comenta as cenas do sequestro da personagem em Topíssima


  • 26 de agosto de 2019
Foto: Rodrigo Soares


Por Luciana Marques

Em sua terceira novela, Myrella Victoria, de 13 anos, já mostra talento de gente grande. Nos capítulos exibidos desde a semana passada em Topíssima, sua personagem Jade, filha do delegado André (Sidney Sampaio), é mantida refém pelos vilões da trama. Mas as sequências com muita ação e suspense foram tiradas de letra durante as gravações pela atriz mirim. “É um assunto pesado, mas as cenas foram fáceis por causa dos diretores que me ajudaram muito”, conta.

Antes de Topíssima, Myrella fez vários trabalhos, como uma participação como a Rebeca em Cheias de Charme, da Globo, em 2012. Já na Record TV, viveu a Lila na novela A Terra Prometida, em 2016, e a Talita, em Jesus, que tinha paralisia cerebral, em 2018. Aí ela teve uma certeza. “Foi quando eu decidi mesmo que queria ser atriz”. No bate papo com o Portal ArteBliz, a adolescente, “tipo assim”, revela que como a Jade também é intrometida... E entre seus sonhos: atuar em Hollywood e fazer uma vilã. Voa garota!

Jade (Myrella Victoria). Foto: Blad Meneghel/Record TV

Como tem sido participar de Topíssima? Tem sido muito importante para mim. E eu tenho curtido muito todos os colegas, conhecer pessoas novas.

E durante as gravações do sequestro da Jade, o que foi mais difícil, afinal são cenas de violência que muitas pessoas passam hoje em dia, né? É um assunto meio pesado só que, tipo assim, pra mim não teve cenas difíceis de gravar porque as cenas foram fáceis de fazer por conta da ajuda dos diretores. Então não foi muito complicado, nem muito pesado pra mim gravar. Infelizmente essas coisas acontecem muito hoje em dia. E é muito triste saber que isso pode acontecer com qualquer um a qualquer momento.

O que você tem mais aprendido ao viver a Jade? Eu tenho aprendido que às vezes não é bom se meter em certas coisas... Mas as vezes, tipo, você tem que ouvir, mesmo que a pessoa seja mais nova do que você. Você sempre tem que ouvir, porque a Jade sempre teve muita sabedoria. Então as vezes ela sabe mais do que o pai. Tem que ouvir, não importa se é mais nova ou mais velha.

Como tem sido a parceria com o Sidney Sampaio? Ser parte da família do Sidney não é uma coisa muito diferente pra mim porque a gente já fez novela junto. Então a gente já é muito amigo, entende? A gente tem uma relação muito boa, a gente sempre brinca em cena, nunca tem esse clima pesado, de ah, meu Deus, tem que gravar. Então é muito bom gravar com ele.

Foto: Rodrigo Soares

A gente sabe que mais pra frente, a mãe dela, Thaís Bevilacqua, personagem da Samara Felippo, reaparecerá. Pelo o que você já conhece da Jade, como acha que ela irá receber a mãe? Então, depende de como a mãe da Jade vai ser, porque a Jade é muito madura. Vai depender do jeito que a mãe for, se for divertida, vai receber super bem, se for chata, já vai ser diferente. Enfim, mas eu acho que ela vai receber a mãe bem.

Você se parece em algo com a Jade? Eu me pareço muito com a Jade, por exemplo, eu sou muito intrometida (risos). E a coisa que a Jade mais faz na novela é se intrometer nas coisas...

Desde nova você faz comerciais, participações em tramas. Mas quando você percebeu que é essa carreira que você quer seguir e por quê? Não teve uma data exata, mas tipo assim, desde que eu fiz a minha primeira novela, Cheias de Charme, eu tinha uns 7, 8, anos, eu já tinha certeza que era aquilo que queria fazer. Depois com a Talita eu tive mais certeza ainda. Porque eu não vejo como trabalho pra mim, eu vejo como diversão. É uma coisa profissional, mas eu vejo como uma coisa não pesada pra fazer como obrigação.

Como é se dividir entre a escola e o trabalho. Você é muito estudiosa, disciplinada? Eu me dedico muito aos dois, me dedico bastante às escola. Às vezes eu não consigo a nota que eu acho que eu vou tirar, mas a vida é sempre assim, a gente segue...

O que mais curte fazer quando está de folga? Eu curto bastante dormir (risos) e mexer no celular.

Quem sao os seus ídolos? Eu gosto muito do Will Smith. Ele me inspira muito, porque é um comediante e eu acho ele muito engraçado. Tudo o que ele faz eu presto bastante a atençao. E brasileiro, a Marina Ruy Barbosa, me inspiro muito nela, de verdade.  

Quais são os seus sonhos como atriz? Assim, eu tenho muito vontade de fazer novela, série e filme em Hollywood, e fazer também uma série na Netflix também. Ah, e eu quero muito fazer uma vilã!

Rayanne Morais, a Graça: “Há o momento de plantar e o de colher”

Sidney Sampaio: De profeta e vilão a policial honesto



Veja Também