Misterioso gato León vai virar humano na pele de Du Moscovis

“Ele começa gato por ter sido enfeitiçado por algo que fez”, diz ator de O Sétimo Guardião


  • 04 de novembro de 2018
Foto: Fabiano Battaglin/GSHOW


Por Redação

Assim que estrear, na segunda-feira, 12 de novembro, o público ficará intrigado com o misterioso gato preto León da nova trama das 9, O Sétimo Guardião. Em Serro Azul, cidade fictícia da novela de realismo mágico de Aguinaldo Silva, todos sabem que o esse bicho tem algo de especial. Mas ninguém consegue dizer ao certo o que é. Para alguns, ele tem poderes, para outros, parece uma pessoa.

No fundo, todas essas teorias têm algo de verdade. León é o gato de Egídio (Antonio Calloni), o guardião-mor da fonte secreta que existe na cidade, mas, no passado, era ele que ocupava esse lugar. Só que, ao descumprir regras impostas ao ocupante do posto, ele recebeu um castigo de viver em forma de gato. Isso até que um próximo guardião-mor assuma a missão. “Nesta novela, temos um gato que é um dos protagonistas da história”, conta o diretor artístico Rogério Gomes.

Luz (Marina Ruy Barbosa) e León. Foto: Globo/João Cotta

Além de estar sempre por perto dos sete guardiães, ajudando a cuidar da fonte, o bicho tem uma ligação forte com a mocinha Luz (Marina Ruy Barbosa). A jovem se entende com o animal através do olhar. Ele também confia muito em Judith (Isabela Garcia), a empregada do casarão de Egídio.

Desvendamos alguns segredos de O Sétimo Guardião

Elizabeth Savala será defensora da moral e dos bons costumes

DU MOSCOVIS DARÁ VIDA A LEÓN QUANDO ELE VIRAR HUMANO

Longe da TV desde A Regra do Jogo, em 2016, Du Moscovis terá a incumbência de dar vida a León, assim que desfizerem o feitiço. “Só o que eu sei é que em algum momento esse gato vira eu”, diz o ator.

Du garante também que sabe pouco sobre o passado do personagem. “Eu sei que ele começa gato por ter sido enfeitiçado por alguma coisa que ele fez. Ele infringiu alguma regra, acordo, mas exatamente o quê, eu não sei”, fala.

Por enquanto, o ator tem ido aos Estúdios Globo, no Rio, para ver figurino e também para trabalhos da equipe de efeitos especiais. “A gente está trabalhando nesta transformação, tenho feito trabalho de corpo junto com o diretor, preparadora de elenco”, conta.

A ideia inicial seria deixar a barba para ir na “onda do gato”. “O trabalho que a gente tem feito é pegar um pouco da caracterísitica do gato mesmo, para onde a gente pode levar isso”, diz Du.

Foto: Globo/Estevam Avellar

E o fato da novela estar tratando de realismo fantástico, segundo o ator, pode ajudar muito na composição do personagem. “O Aguinaldo faz isso com muita propriedade, e para a gente é um prato cheio poder brincar com isso, entre aspas. O que se mantém quando eu viro humano? Você tem liberdade para trazer um pouco dessa coisa felina. Mas é tudo especulação, por enquanto”, lembra ele.

A virada do gato para humano só deve mesmo acontecer após o capítulo 42. Assim, o gato León - na verdade vivido por quatro gatos da raça Bombay importados dos Estados Unidos - vai brilhar na telinha, até porque o bicho participa das cenas mais importantes dos dois primeiros meses da trama.

TECNOLOGIA: GATO REAL, ANIMATRONIC E VERSÃO 3D

Desde o ano passado, a equipe de tecnologia da Globo já trabalha no desenvolvimento do gato León. Além de utilizar gatos reais, foram desenvolvidos um animatronic e um gato realista totalmente 3D. “A versão virtual do animal levou um semestre para ser concluída e contou com a contribuição de parceiros internacionais”, conta Fernando Alonso, gerente de operações de Tecnologia da Globo.

Segundo o profissional, ele terão uma equipe de seis animadores dedicados somente a este projeto. Mas o trabalho é tão minucioso que cada um entrega 30 segundos de animação por mês. Também foram feitos testes de captação e composição com gatos reais. Mas a maior parte das cenas exibidas, cerca de 70%, está sendo feita com o gato de verdade.

Fernanda explica como é realizado esse trabalho. “Para as cenas em que o animal real aparece, foram feitas imagens em nosso galpão de efeitos visuais e, com isso, começamos a criar uma biblioteca de footage de imagens em movimento no chroma key”, diz. Em seguida, as imagens passam por composição com as cenas gravadas com atores, reproduzindo iluminação e interferências do ambiente para uma integração mais precisa na cena.



Veja Também