Flor do Caribe: Chico deixa a família impaciente ao dizer que Cassiano está voltando pra casa

Olívia e Taís chegam à conclusão de que ele não está bem da cabeça


  • 16 de setembro de 2020
Foto: Reprodução Globo


Olívia (Bete Mendes) está colocando a mesa para o almoço. Chico (Cacá Amaral) se aproxima e observa a esposa. “Tá faltando um lugar na mesa...”, diz ele. A dona de casa responde, cansada, de ouvir a mesma ladainha. “Para com isso, Chico. Por favor, eu to pedindo”, fala. “Por favor, digo eu. Acha que é justo o Cassiano chegar, cansado, com fome e não ter lugar pra ele na mesa?”, insiste o senhor. Olívia afirma que desiste. “Quer colocar o lugar do Cassiano na mesa, coloque! Quer ficar adorando a farda dele, fique. Quer conviver com um fantasma, o problema é seu. Eu lavo minhas mãos”, diz.

Convicto de que Cassiano (Henri Castelli) está voltando, até porque falou por duas vezes com o próprio pelo telefone, encara a esposa e garante: “Nosso filho vai voltar. A qualquer momento vai entrar por essa porta. E pode ser hoje”, diz. Com problema na vista, ele tateia a mesa, mas deixa tudo arrumado para o filho. Taís (Débora Nascimento) chega e percebe o clima. “Ah, não? De novo essa maluquice, pai?”, fala. Olívia pede para ela deixar Chico em paz. “Se ele sente bem assim, deixa ele”, afirma. Mas Taís se irrita de vez. “Ele se sente bem e todo mundo se sente mal. Para com isso, pai. Será que o senhor não percebe que agindo assim esse sofrimento não acaba nunca. Que inferno! Cassiano está morto”, fala.

Nisso, a moça começa a recolher prato, copo e talheres, com raiva. “Coloca isso uma vez por todas na cabeça. Sete anos se passaram, pai. Cassiano está morto. Droga!”, diz ela. Chico não dá ouvidos para a filha. “Ele tá vivo. E nessa hora, tá voltando pra casa...”, garante. “Cassiano nesse momento está no inferno, pagando os pecados dele!”, fala a jovem, com raiva, já que caiu na conversa de Alberto (Igor Rickli) de que o irmão praticou ato ilícito antes de morrer. Olívia pede para ela não dizer isso. “Seu irmão está no Reino de Deus na companhia de Nosso Senhor Jesus Cristo”, fala. Resignado, sabendo que elas nunca vão acreditar nele, Chico avisa que não perderá mais tempo com as duas. “Esperem e vão ver Cassiano em casa, sentado nessa mesa!”, avisa.

Chico sai para a sua, e as duas se olham, desoladas. Taís pede desculpas para a mãe. “Mas tem horas que não suporto isso”, diz. Olívia afirma entender a jovem. “Teu pai tá mesmo cada dia pior...”, constata a donad e casa. Taís logo percebe que algo estranha está acontecendo. “Tá me escondendo alguma coisa?”, indaga. Olívia hesita, mas acaba contando para a filha. “Sabe o dinheiro da indenização que ele colocou na poupança faz sete anos e não mexia pra nada? Ele foi ao banco e sacou. Aquela dinheirama tá aí, escondida no nosso quarto. Disse que quando o Cassiano voltar vai precisar”, conta. As duas se olham, com preocupação, com a “maluquice” de Chico. Mal sabem elas, que ele está falando a pura verdade. E que, em alguns dias, Cassiano está chegando em Vila dos Ventos.

Flor do Caribe: Cassiano liga para o pai e avisa que está voltando à Vila dos Ventos

Flor do Caribe: Duque e Cassiano embarcam em navio mercante para o Brasil



Veja Também