Flor do Caribe: Após casamento, Ester fica rica e tem uma menina com Alberto

Ela já é mãe de Samuca, que terá 7 anos quando o pai, Cassiano, fugir de prisão no Caribe


  • 09 de setembro de 2020
Foto: Reprodução Globo/Montagem


Durante os 7 anos em que Cassiano (Henri Castelli) ficou em cárcere privado no Caribe, muito coisa terá acontecido em Vila dos Ventos. Até porque todos pensam no local que ele “morreu” num acidente. A própria Ester (Grazi Massafera) se casará com Alberto (Igor Rickli), quatro anos após o desaparecimento do piloto. E o empresário, o grande causador de toda essa tragédia na vida de Cassiano, assumirá a paternidade de Samuca (Vitor Figueiredo), filho biológico de Ester e do piloto, e também terá uma menina com ela. E no dia em que Cassiano comemora a fuga e já imagina se encontrar com a amada, o vilão se diverte com a família em sua mansão. Samuca, agora com sete anos, está na beira da piscina. “Pai! Paiêêêêêê!”, chama ele.

Alberto estará na água com Laura no colo, sua filha de 3 anos com Ester. “E aí, filhão?”, diz. O garoto coloca um óculos de mergulho. “Vou pular, heim?”. Alberto se diverte conversando com a filha. “Será que teu irmão vai pular mesmo? Heim, Laurinha? Será? Será? Será?”, fala. “Tá duvidando, é? Olha!”, fala o menino, que pula na água, meio desajeitado, e chega próximo de Alberto. “Viu só?”, gaba-se ele. “Quero ver é você mergulhar de cabeça. Pra ser um campeão! O papai quer que seja sempre o melhor, o campeão, em tudo! Aquele que, quando tá no páreo, não tem pra ninguém!”, diz o empresário. O garoto olha para Alberto. “Que nem você, né pai?”, diz. O malvado sorri, se achando.

Nesse momento, Ester se aproxima, falando ao celular. Agora, ela é uma mulher rica, elegantemente vestida. Mas o seu jeito animado é o de sempre. “Ah, não, Íris, vê se consegue um preço melhor com o fornecedor. Essas malhas tão muito caras, o que é isso?! Pechincha, minha filha, é a palavra mágica!”, fala ela, que agora dirige uma ONG. Alberto vê a esposa e a chama. “Ó, segura as pontas pra mim aí...”, pede ela. “Ô, dona presidente!”, brinca ele. Ester desliga o telefone e se desculpa com o marido dizendo que tinha muita coisa para resolver no trabalho. “Ah não, não aceitamos desculpas, né, filho? Entra logo, Ester! Ou ta com medinho da água fria? Ih, filho, tua mãe ta com medo d’água, alá! Ou então não quer molhar o cabelo!”, zoa Alberto.

Nisso, ele joga água na esposa, e Samuca faz o mesmo. Ester, então, dá um belo mergulho na piscina e emerge junto de Alberto, Samuca e Laura. “Pronto, cheguei! Tô desculpada pelo atraso?”, fala. “Depende. Se pagar o pedágio...”, diz Alberto. Ele dá um selinho na amada e sorri. “Mãe, eu vou aprender a mergulhar que nem você! Pra virar um campeão! Você e meu pai vão ficar no maior orgulho!”, fala Samuca. Ester olha para o menino, encantada. “Se é por isso, eu já tenho, meu amor, o maior orgulho dessas duas lindezas que Deus me deu! Dá aqui a minha bonequinha. Vem com a mamãe, Laurinha, vem!”, pede. Ela pega a filha, e Alberto brinca que está magoado. “Só duas lindezas que Deus te deu, é? Obrigado pela parte que me toca!”, diz. Ela ri. “Bobo!”, fala.

Nesse momento, entra Taís (Débora Nascimento), de canga. “Tem lugar pra uma madrinha aí?”, quer saber. Os quatro vibram com a chegada da irmã de Cassiano. Samuca pede para ela entrar na água. Ela acata e mergulha. O garoto fala que estava com a maior “saudadona” dela. “E eu? E da minha afilhadinha também! Caramba, Alberto, ela tá cada vez mais parecida com você!”, fala. Samuca abraça o empresário. “É nada! Eu sou muito mais parecido com o meu pai do que a Laura! Cem vezes mais! Mil vezes!”, fala o menino. Os adultos riem, meio constrangidos.

Flor do Caribe: Cassiano e Duque conseguem fugir da mina sete anos depois da prisão

Flor do Caribe: Chico invade casamento de Ester e Alberto e diz que Cassiano está vivo

 



Veja Também