Êta Mundo Bom!: Celso e Maria se beijam

Rapaz consola a jovem após a perda repentina da mãe


  • 03 de junho de 2020
Foto: Reprodução Globo


Depois de cumprir a missão dada por Sandra (Flávia Alessandra) de conseguir um documento falso de Candinho (Sérgio Guizé) para Ernesto (Eriberto Leão) usar, Celso (Rainer Cadete) retorna de viagem. Assim que chega na casa fica sabendo sobre a morte de Ana (Débora Olivieri), mãe de Maria (Bianca Bin). O rapaz, então, corre até o quarto da empregada. “Maria, eu já soube. Sinto muito”, diz. “Celso, minha mãe, minha mãezinha”, fala ela, chorosa. Abalada, a moça corre para abraçar Celso.

Ele a conforta. “Sinto ter acontecido justamente quando eu estava viajando. Não pude te dar meu apoio”, desculpa-se ele. “O importante é que está aqui, agora”, afirma. Eles ficam muito próximos um do outro. “Maria...”, diz ele. Os dois se beijam, apaixonados. De repente, Celso se afasta, sentindo-se culpado. “Sinto muito. Creio que me aproveitei da sua fragilidade”, fala. “Não tinha intenção de me beijar?”, quer saber ela. Celso desconversa. “Não... foi o momento”, afirma. Maria não gosta do que ouve. “Para mim também... Sou grata por muitas coisas, Celso, me deixei levar. Mas foi só o momento”, garante.

Celso se desculpa novamente. “Perdoe-me. Não vai mais acontecer”, diz o rapaz. “Falo por mim, não vai mais acontecer. Agora com licença, preciso falar com a sua tia”, diz a empregada, que sai, deixando Celso bastante confuso. Maria também sai desconcertada, mas respira fundo para conversar com Anastácia (Eliane Giardini). “Você queria falar em particular comigo?”, pergunta a senhora. Maria diz que sim e quem nem sabe por onde começar, já que Anastácia já fez tanto por ela e pela família. “Fico com vergonha de fazer um novo pedido”, diz. “O pior que você pode conseguir é um não”, fala a patroa.

A empregada conta que sua irmãzinha Alice (Nathalia Costa) continua na pensão de dona Camélia (Ana Lúcia Torre). “A senhora viu, minha mãe morreu pedindo para que eu não abandonasse a minha irmã”, lembra. “Eu ouvi, me cortou o coração”, fala Anastácia. A jovem se diz muito preocupada com a garota. “Por quem será educada, por Braz e meu pai? Dois homens que passam os dias fora, meu pai, as noites também”, diz. Anástacia logo percebe o rumo da conversa. “Você quer trazer a menina pra cá, não é?”, pergunta Anastácia.

Maria assente. “Apenas até a minha filha sair da incubadeira, depois hei de arrumar um trabalho”, promete. “Maria, eu não sei como dará conta de cuidar da sua filha e da sua irmã. Claro que você pode trazer, desde que cuide dela”, fala. Anastácia só lembra que Severo (Tarcísio Filho) terá que lhe abrir mão da guarda, aí sim não terá problema. “Eu não tenho nem palavras para agradecer tamanha generosidade”, diz a moça. Maria vai até a casa de Severo e, junto com Braz, praticamente obriga o pai a deixar a garota com ela.

Êta Mundo Bom!: Ernesto se aproxima de Candinho como “amigo” e leva fora

Êta Mundo Bom!: Braz culpa Severo pela morte da mãe e promete vingança

 



Veja Também