Espelho da Vida: Ana e Flávio se reconciliam

Após ataque de ciúmes de Américo, padrasto de Cris se desculpa com amada


  • 02 de dezembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Américo (Felipe Camargo), o pai biológico de Cris (Vitória Strada), bem que tentou acabar com o casamento da mãe da jovem, Ana (Julia Lemmertz), com Flávio (Angelo Antonio).

O marceneiro e restaurador chegou à Rosa Branca possesso, achando que Ana o estava traindo com o ex. O próprio Américo, malandro, ajudou a encher a cabeça de Flávio com mentiras. Mas o casal volta às boas em sequência a ser exibida nesta segunda, dia 3 de dezembro.

Espelho da Vida: Danilo diz que vai enfrentar o coronel Eugênio

Espelho da Vida: Cris feliz com identidade de Flávio nos anos 30

FLÁVIO PEDE PERDÃO À ANA: “EU SEI QUE TENHO AGIDO FEITO UM IDIOTA RIDÍCULO, NÃO SEI O QUE DEU EM MIM, FIQUEI CEGO DE CIÚMES”

Depois de quase bater em Américo e discutir com Ana, Flávio pede à Gentil (Ana Lúcia Torre), um outro quarto pensão, apesar da insistência de Ana para que fique em seu quarto. Ele diz que precisa pensar. Mas é a própria dona Gentil que dá uma ajudinha, dizendo a Flávio que Américo e ela estão "tendo um caso".

Nesse instante, Flávio decide ir até o quarto de Ana. “Eu sei que tenho agido feito um idiota ridículo, não sei o que deu em mim, fiquei cego de ciúmes. Me perdoa, por favor, me perdoa meu amor”, pede ele.

“O que me deixa triste, magoada mesmo, não é a crise de ciúmes que você teve, mas o motivo do seu ciúme. Américo, Flávio! Pôxa, de todos os homens do mundo você foi ter ciúmes logo do Américo? Depois de tantos anos juntos, será que você realmente acha que eu seria capaz de ter uma recaída por ele?”, pondera Ana.

O marceneiro admite que estava fora de si. “Não sei de onde eu tirei esse absurdo, fui pirando nessa idéia maluca, e foi me dando um medo de te perder, um desespero. Te amo tanto, Ana, você é a mulher da minha vida, eu sou louco por você”, declara-se

ANA ANTES DE DAR UM BEIJAÇO EM FLÁVIO: “VOCÊ É DOIDO, SABIA? IMAGINA TE TROCAR PELO AMÉRICO...”

Nesse momento, Flávio faz um carinho na amada, que amolece. E os dois se beijam. “Você é doido, sabia? Imagina te trocar pelo Américo... (ela o beija) Vê se coloca nessa cabeça dura, que eu te amo, te amo muito, também sou louca por você, meu amor”, diz Ana.

“Agora voltei a ser o velho Flávio de sempre, ciúme é um troço louco, irracional, emburrece, tira a gente do eixo! Mas, acabou, vamos esquecer tudo isso, não quero mais brigar com você, só quero ficar assim agarrado”, afirma ele.

“Estou tão feliz que você tá aqui, tava me sentindo tão sozinha diante de tudo que tá acontecendo com a Cris”, diz ela. “E onde ela tá, a nossa filhota?”, quer saber ele. “Trabalhando, não gosto de ficar atrás dela. Depois que ela rompeu com o Alain, parece que ficou perdida. A Cris não se abre comigo e eu sei que tem alguma coisa angustiando ela, fico tão preocupada!”, conta.

“Também estou preocupado com a Cris mas, será que a gente pode pensar nisso depois? Estou morrendo de saudades de você, de nós dois, vem cá!”, diz ele. Os dois se beijam, apaixonados, e se entregam ao seu amor.



Veja Também