Espelho da Vida: Alain se emociona em cena de Cris como Julia

Toda a equipe do longa se encanta com a performance da jovem


  • 16 de dezembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Por pouco, Cris (Vitória Strada) não se dá mal, ao ficar “presa no passado”. Mas ela consegue chegar a tempo. Lá, inventa uma desculpa para Alain (João Vicente de Castro).

Após o gravando, acaba dando um show de interpretação na pele de Julia Castelo. Essa sequência está prevista para ser exibida na segunda, dia 17 de dezembro.

Espelho da Vida: Cris usa vestido de Julia do passado no filme

Espelho da Vida: Cris se choca ao ver sepultura de Danilo

ALAIN DIZ BAIXINHO ANTES DO “AÇÃO!” PARA CRIS E ATORES: “BOA SORTE MEU AMOR”

Como já estava com o vestido verdadeiro de Julia Castelo dos anos 30, Cris só precisou fazer a maquiagem. Já pronta, ela vai para a posição inicial da cena. Jorge Benício (Miguel Coelho) está à frente dela. Emiliano (Evandro Mesquita) e Mauro César (Rômulo Arantes), no carro.

Logo, Jorge sussura. “Ei, Cris, tá tudo bem mesmo? Boa sorte, que a Julia venha com tudo”, diz ele. “Obrigada pra você também, Danilo”, fala ela. Pelo video assistant, Alain observa Cris compenetrada, linda, com a expressão leve. O diretor se emociona, mas disfarça.

Bola (Robson Nunes) quer saber se está tudo pronto. “Chefe, tudo bem?”, pergunta. “Tudo, amigo, tava só admirando, pode chamar que dou o ação”, fala Alain. “Vai som! Vai câmera!”, diz Bola. “Câmera set!”, fala o diretor de fotografia Claudio (Pedroca Monteiro). E Alain diz baixinho. “Boa sorte, meu amor. Ação!”.

Eles começam a gravar aquela cena que Cris já vivenciou no passado em que Eugênio (Felipe Camargo) flagra Julia com Danilo Breton (Rafael Cardoso), e dá um chilique, dizendo que nunca mais quer ver o pintor ao lado da filha. Durante a cena, é perceptível que Cris interpreta com verdade a Julia, entregue, bem diferente de Mariane (Kéfera Buchmann).

Imediatamente percebe-se a emoção de Alain e de todos os que assistem. Ao fim da sequência, o público que está na rua assistindo, aplaude muito. Alain, comovido, troca um sorriso com Bola. “Claudio, valeu pra você?”, quer saber o diretor. “Super valeu. Espetacular nossa atriz, cara...”, elogia Claudio. “Ela não é maravilhosa?”, fala Alain.

“Tudo, Alain. A Cris é tudo na tela... valeu a sua aposta. Valeu a pena esperar, chefe”, emenda Sergio (Marcio Machado). “Valei-me, santa Fernanda Montenegro! Que transformação!. É a própria Julia Castelo, cho-ca-do!”, fala Bola. “Não dizem que o que importa, no final das contas, é o que imprime? Nesse caso, vai imprimir uma história linda. Como a Cris, como a Julia”, constata Alain, que de longe troca um olhar com Cris.



Veja Também