Éramos Seis: Carlos descobre o segredo de Isabel

O rapaz dá ultimato a irmã ao saber sobre namoro com Felício 


  • 27 de janeiro de 2020
Foto: Montagem


O segredo de Isabel (Giullia Buscacio) vai ser descoberto por Carlos (Danilo Mesquita), após ele pressionar o amigo Marcelo (Guilherme Ferraz).

O rapaz fica furioso ao saber que a irmã está se envolvendo com Felício (Paulo Rocha), um homem casado. Ele procura Isabel e lhe dá um ultimato.

Essa sequência deve ser exibida do dia 29 de janeiro.

ISABEL CHORA AO FALAR SOBRE FELÍCIO: “ELE ESTÁ SEPARADO. FOI INFELIZ NO CASAMENTO. TEM QUE CARREGAR A ESPOSA COMO UM CAIXÃO QUE SE ARRASTA ATÉ O CEMITÉRIO?”

Depois de conseguir enrolar a mãe, Lola (Gloria Pires), sobre o seu “suposto” namorado, Isabel está em seu quarto lendo uma revista, distraída. Até que Carlos entra, sério. “Ah, não, estou quieta no meu canto, não fiz nada errado, e lá vem você me perturbar...”, diz ela. “Não fez nada errado? Eu confirmei o que temia, foi ao cinema com o tio do Marcelo, ele mesmo me contou”, revela o jovem.

Isabel fala que Marcelo não tinha nada que ter falado. “E você não tem o direito de procurar saber da minha vida”, afirma. “Estão saindo juntos há meses! Mas escondeu essa relação, não quis apresentar o tio do Marcelo, esse tal Felício, e descobri o porquê. Ele é casado, Isabel! Que vergonha, que desgraça! Está saindo com um homem casado!”, fala ele, furioso. Os dois começam, então, a travar uma forte discussão. Isabel está com raiva e segura as lágrimas.

A jovem tem vergonha e medo. “Que loucura, Isabel. É muito jovem ainda... Não posso permitir que estrague sua vida!”, afirma ele. “Carlos... Me deixa em paz!”, pede ela. “Pelo amor de Deus, Isabel! Está querendo o quê de namoro com um sujeito casado? Vai ser apontada na rua!”, fala ele. Ela explica que Felício está separado. “Foi infeliz no casamento, Carlos”, conta.

Isabel continua defendendo o amado. “Tem que carregar a esposa como um caixão que se arrasta até o cemitério? Não concordo. Não ligo dele ser casado, não ligo!”, afirma. Carlos olha para a porta, preocupado. “Fala baixo, não quero que mamãe ouça. Não liga de ser concubina? De ter filhos bastardos? Se mamãe sabe tem um desgosto tremendo”, lembra ele.

CARLOS É FIRME E DURO COM ISABEL: “É MINHA ÚNICA IRMÃ, TENHO QUE ZELAR PELA NOSSA FAMÍLIA... NÃO VAI MAIS ENCONTRAR COM ELE”

 

Carlos afirma que não deixará Felício se aproveitar dela. “Não vai mais encontrar com ele entendeu

Isabel afirma que não é como a tia Clotilde (Simone Spoladore). “Não vou deixar ninguém governar minha vida”, fala. “Pois está louca? Nossa tia devia servir de exemplo. Olha como está infeliz! Isabel, sabe que não vai poder casar com ele. O que adianta andar pra cima e pra baixo com esse sujeito?”, quer saber ele. “Eu gosto dele, amo”, garante ela. “Isabel, é minha única irmã e eu amo você, tenho que zelar pela nossa família”, diz ele.

Carlos afirma que não deixará Felício se aproveitar dela. “Não vai mais encontrar com ele entendeu?”, avisa ele. “Carlos, não fala isso, não posso...”, implora ela. “Eu estou dizendo o que vai fazer. Vai me obedecer! E nossa mãe não vai precisar saber de nada, não vai ter este desgosto nem passar esta vergonha!”, fala ele, seco, forte e objetivo. Nesse momento, o rapaz segura o braço da irmã.

Ela olha pra ele, agora chorando. “Não chore. Estou sendo duro assim pro seu bem”, garante. “Pois queira o meu mal! E me deixe ser feliz”, pede ela. “Não estou brincando, vai ter que esquecer este homem, vai ter que fazer o que eu mando”, avisa. Nisso, Lola abre a porta do quarto, segurando roupas passadas, e estranha a cena. “Carlos, Isabel, por que estão aí trancados?”, quer saber.

Há um clima entre os três. Mas Carlos não quer contar a história e magoar a mãe. “E por que está chorando, minha filha?”, pergunta ela. “Nada. Carlos me enche as medidas”, fala. “Estou dando umas orientações, mamãe. Isabel está me ouvindo”, conta ele. Lola não gosta muito. “Ela percebeu que estou certo, e vai seguir o que falei, não é, Isabel?”, pergunta ele. Acuada, a jovem faz que sim, com um misto de raiva e vergonha, e sai.

Éramos Seis: Lola consola Afonso sobre chegada de Shirley

Éramos Seis: Inês pede para Carlos se decidir entre ela e a família dele



Veja Também