Éramos Seis: Assad descobre romance de Julinho e Soraia

Empresário fica furioso, e Lili sofre com a traição


  • 16 de fevereiro de 2020
Foto: Globo/João Miguel Junior


Por essa, Soraia (Rayssa Bratillieri) e Julinho (André Luiz Frambach) não esperavam.

Assad (Werner Schünemann) descobrirá o romance secreto do dois logo após Lili (Triz Pariz) ser humilhada. Vejam a reação do comerciante...

Essa sequência deve ser exibida no dia 25 de fevereiro.

LILI DIANTE DE JULINHO E SORAIA APÓS DESCOBRIR A TRAIÇÃO DO NOIVO: ““JULINHO... COMO TEVE CORAGEM DE FAZER ISSO COMIGO? ME TRAIR... COM ESSA...”

Lili, que viajou ao Rio atrás do noivo, Julinho, está revoltada ao descobrir a traição dele com Soraia. E confronta os dois. “Julinho... como teve coragem de fazer isso comigo? Me trair... com essa...”, diz. “Veja o que vai falar, está na minha casa!”, lembra Soraia. “Aqui não é o melhor lugar para conversar, Lili... vamos, saio com você e explico tudo com calma”, pondera o jovem.

Mas Soraia logo avisa que ele não precisa ir a lugar nenhum com Lili. “O que tem para explicar é fácil”, provoca ela. “Então diz, Julinho, quero ouvir da sua boca”, pede a filha de Genu (Kelzy Ecard). “Lili,você sabe, o nosso noivado assim à distância, não estava dando certo”, fala ele. “Não estava dando certo para você! Eu ainda acreditava que você estava juntando dinheiro para o nosso casamento! Seu mentiroso!”, acusa ele.

Nisso, Assad e Karine (Mayana Neiva) aparecem na sala, atraídos pela discussão. “Mas o que está acontecendo? O que sua noiva está fazendo aqui, Julinho?”, quer saber o empresário. “Não sou mais noiva dele! Pergunte para a sua filha por quê!”, fala a jovem, possessa, que sai, batendo a porta.

ASSAD FICA INDIGNADO COM JULINHO: “ENTÃO SE APROVEITOU DA MINHA CONFIANÇA, DA MINHA HOSPITALIDADE, VOCÊ ESTÁ DEMITIDO, SEU MOLEQUE”

Assad, nervoso, logo exige uma explicação de Soraia. “O que essa menina veio fazer aqui? Que confusão é essa?”, indaga ele. Soraia olha para Karine e fala. “Papai, eu ia falar mais cedo, eu e Julinho, nós estamos apaixonados”, revela. “Apaixonados, mas que brincadeira é essa?”, diz ele, furioso.

Karine pede calma ao marido. “Que calma? Como calma? Você estava assediando a minha filha?”, pergunta ele, a Julinho. “Não julgue ainda, Assad, eu tenho certeza de que o Julinho tem a melhor das intenções”, fala Karine. “Sim, minhas intenções são sérias, eu gostaria de lhe pedir a autorização para namorar a Soraia. Ia fazer isso hoje, mas não foi possível, o senhor viu...”, fala o jovem.

Soraia intervém e fala ao pai que, por isso, não aceitou o Elias (Brenno Leone). “Eu quero o Julinho, papai”, afirma ela. “Quer coisíssima nenhuma! Onde já se viu? (ele olha para Julinho) Então se aproveitou da minha confiança, da minha hospitalidade, você está demitido, seu moleque! Não quero mais você na minha casa, nem perto da minha filha! Amanhã tratamos das formalidades”, avisa Assad.

Ele volta, muito bravo, para o quarto. Karine faz um sinal para que Soraia e Julinho se acalmem e vai atrás de Assad. Soraia começa a chorar. “Eu odeio o meu pai...”, diz ela. Julinho a abraça. “Espera, Soraia, amanhã seu pai estará mais calmo, vou conversar com ele, vai dar tudo certo, confia em mim”, afirma ele, que fica ali, pensando como resolver essa questão.

Éramos Seis: Lola e Afonso reatam e trocam declarações de amor

Éramos Seis: Clotilde revê Lola e diz que filho foi o que de melhor aconteceu na sua vida



Veja Também