Enzo Krieger: “Fico feliz de passar uma mensagem de superação com o Luigi”

Ator festeja nova fase do personagem em As Aventuras de Poliana e o sucesso nas redes sociais


  • 25 de abril de 2020
Foto: Divulgação


Com o novo visual de Luigi, cabelo curto e sem os famosos cachinhos, Enzo Krieger festeja o sucesso do personagem de As Aventuras de Poliana que encantou o público com sua história de superação. Assim como muitos jovens, o garoto tímido e introvertido sofreu com bullying na escola. “Eu fico muito feliz de poder inspirar as pessoas, foi muito bonita a história do Luigi porque ele sofria muito”, disse o ator em live no nosso Instagram, nesta sexta, 24.

Aos 14 anos, o ator gaúcho se destaca em sua segunda novela – ele fez Carinha de Anjo, em 2016. Nas redes sociais, ele é um fenômeno, soma 2 milhões e meio de seguidores no Instagram. E Enzo tem consciência da sua responsabilidade. “Eu me sinto responsável em passar uma boa mensagem, um bom exemplo. Eu influencio essas pessoas”, avaliou ele. Além de talentoso, simpático e desenvolto, o jovem, que também canta, ainda manda bem na cozinha. Entre os pratos, ele já fez hambúrguer, pão e até chester.

Como tem passado a quarentena? Estou em casa com a família, estou ficando o máximo com eles, assistindo filme,s lendo, tendo aula, estou fazendo uns vídeos bem divertidos para exercitar a imaginação. É um momento para parar e refletir, dar importância a pequenas coisas. A gente começa a sentir saudades das coisas que gente nem olhava no dia a dia.

Luigi (Enzo Krieger) ao centro. Foto: Zé Paulo Cardeal/SBT

Como foi o feedback dessa história toda do Luigi com o bullying? Antes de toda essa história de superação, do documentário que ele fez, de contar para os pais, aquela cena super emocionante que rolou, antes disso eu já recebia mensagens. Acho que foi no começo em que eu mais recebi mensagem, a galera viu o personagem e se identificou com ele. Nossa, isso também acontece comigo, eu também sofro. E é o que eu sempre falei, antes de tudo acontecer, eu falava para as pessoas, por favor, não sofre sozinho. Tem que contar como o Luigi fez agora. E eu acho que essa história de superação é muito legal até pra ele inspirar essas pessoas que me mandavam mensagens. E depois disso já me falaram, nossa, eu fiquei super emocionado com o que aconteceu, isso já aconteceu comigo. Eu acho muito legal eu poder passar essa mensagem, trazer uma esperança de que elas podem superar isso. Imagina o que passava na cabeça daquele menino. Porque ele não dividia aquilo com ninguém, aquela dor. Ele sofria sozinho, e eu acho isso muito triste. Por isso eu fico tão feliz de trazer esperança para as pessoas, acho esperança uma palavra tão boa para isso.

E como vai ser o Luigi nessa segunda fase da novela? Ele está conseguindo se relacionar mais com a Yasmin (Bia Lanutti), por exemplo, que antes ele tinha medo. E agora eles estão sendo zoados como casal. A Yasmin fica toda assim pra isso, e o Luigi, agora que ele já passou por toda a situação, ele está calejado. Ele fica, nossa, eu não ligo mais para isso, não quero mais saber disso. Antes ele era todo preocupado, ah, o que vão achar de mim, o que vai acontecer, agora ele só quer saber de estar junto com a Yasmin.

Foto: Divulgação

E o sucesso do casal Luigi e Yasmin? Eles são muito shippados. Eu acho que é um casal que sempre teve uma cumplicidade na novela, até como amigos. Mais do que um casal, eles são amigos. O Luigi sempre contou com ela para fazer filmes, que é a maior paixão dele. Eles sempre foram muito ligados, até pelo fato de eles serem vizinhos, então eles estavam sempre perto um do outro, os pais eram amigos. E essa cumplicidade sempre foi presente e daí o Luigi foi criando um laço maior com ela, um afeto maior, até que ele quis mostrar, depois que ele saiu dessa situação toda do bullying. Ele ficava muito preso, agora está mais livre para viver mesmo. Agora ele se declarou. Eu adorei fazer aquela cena em que ele se fantasiou de Forrest Gump. Eu vi o filme de novo, é muito bom, Tom Hanks arrasa. Mas é a primeira paixãozinho dos dois, o Luigi, coitado, é todo tímido.

E você, já passou por essa primeira paixão ou já teve várias? Já faz tempo da minha primeira paixãozinha.

Você é romântico? Eu diria que eu sou romântico. Quando eu quero, eu sou romântico (risos).

Como é a relação do elenco, como é o bastidor de vocês? Lá a gente formou uma segunda família. É todo o dia se vendo, todo o dia convivendo, não tem como ficar de mal um com o outro. É sempre muito divertido, eu adoro o ambiente mesmo, é todo o mundo muito amigo. É divertido gravar, a gente ri, a gente chora, a gente faz de tudo. E agora que a gente está preso nesta quarentena, a gente fica com muita saudade. A gente criou um grupo no whatsapp para não desaquecer, para ficar estudando para a segunda fase. A gente faz lives, desafios...

Foto: Divulgação

Você fala muito de cinema, tem vontade de fazer uma faculdade? Tenho muita vontade de fazer faculdade de cinema. Meu sonho inclusive é estudar lá fora. Eu amo esse universo, eu amo ver séries, filmes, ver a atuação das pessoas, eu amo o enredo. Quanto melhor o roteiro, melhor a relação dos personagens. Agora eu estou vendo muito Grey’s Anatomy, eu estou viciado. Eu adoro como os médicos se envolvem com os pacientes e aprendem com aquela situação.

Você tem dois milhões e meio de seguidores, você tem noção do que isso significa, porque você acaba sendo referência para esses jovens, né? Exatamente. No dia a dia, quando eu estou com 2,4 milhões de seguidores, minha meta é bater 2,5, é claro, mas se você for parar para pensar, desde o começo, quanta gente é 2,5 milhões de pessoas? É um absurdo, você diz, meu Deus, o que é isso? Essa galera toda me seguindo. Eu me sinto responsável para passar uma boa mensagem, um bom exemplo para essas pessoas, porque eu sou um influencer. Eu influencio essas pessoas. Então eu me sinto na responsabilidade de fazer algo bom. Por isso eu estou sempre tentando passar algo divertido, uma mensagem para as pessoas nesse tempo de coronavírus. A primeira coisa que eu fiz foi fazer um vídeo porque eu achei importante. E eu amo o carinho que eles me dão. É fora do normal, todo o dia te dando apoio, comentando.

Foto: Divulgação

É verdade que você agora também está mandando bem na cozinha? Eu cozinho! Eu sou um verdadeiro chef na cozinha (risos). Um dia minha mãe pediu para eu ajudar ela na cozinha, e a gente decidiu gravar. Ao invés de ajudar ela na cozinha, ela disse para eu fazer algumas coisas, ela ia me orientando. E daí um virou um negócio no meu instagram que todo o mundo adorou. E eu era, tipo, zero na cozinha. Era eu ali, tentando aprender, eu queimei botão, mas é legal porque é muito verdadeiro, dinâmico. Eu já fiz hambúrguer, eu fiz um chester para o Natal e eu fiz pão de forma que ficou muito bom também. Eu estou evoluindo na gastronomia, os meus pratos são bons.



Veja Também