Bom Sucesso: Vicente e Gabriela viram Romeu e Julieta em despedida de Alberto

Cena junta todos da família na mansão encarnando personagens clássicos da literatura


  • 10 de janeiro de 2020
Foto: Reprodução Globo


A cada dia Alberto (Antonio Fagundes) mostra-se mais debilitado por conta de seu delicado estado de saúde. E quem sofre muito é a sua neta, Sofia (Valentina Vieira).

Mas com o incentivo do avô, ela preparou uma festa de “despedida” para ele, alegre, unindo as paixões do empresário: literatura e família. E o resultado é uma cena emocionante.

Essa sequência deve ser exibida no dia 20 de janeiro.

SOFIA É DIRETORA DA CERIMÔNIA DE DESPEDIDA: “QUERIA QUE FOSSE NO JARDIM, SÓ QUE CHOVEU. A BIBLIOTECA É O LUGAR PREFERIDO DO SEU VOVÔ”

Sofia está triste por conta de uma forte chuva que cai no Rio. É que todo o seu roteiro da despedida do avô seria feito ao ar livre. Alberto diz que a festa sairá de qualquer jeito. “Mas o jardim das delícias era um lugar sagrado”, fala a menina. “Existem outros lugares sagrados nessa casa. Tem um em especial, que guarda não um só Deus, mas muitos deles”, diz Alberto, referindo-se à sua enorme biblioteca. Momentos depois a diretora mirim já está diante de todo o seu “elenco”, devidamente fantasiado, na biblioteca.

Ali, estão perfilados Tonho (Anderson Müller), Leila (Alexandra Martins), Bezinha (Thais Garayp), Paloma (Grazi Massfera), Marcos (Romulo Estrela), Nana (Fabíula Nascimento), Mario (Lucio Mauro filho), Alice (Bruno Inocencio), Gabriela (Giovanna Coimbra), Lulu (Carla Cristina Cardoso), Vera (Angela Vieira), Waguinho (Lucas Leto), Batista (Marcelo Flores), Sofia, Peter (João Bravo) e um grupo de sambistas.

Alberto agradece. “Eu gostaria de agradecer a todos os amigos que aceitaram participar dessa cerimônia de despedida que minha querida Sofia e eu resolvemos organizar pra que a minha partida seja o mais leve e divertida possível”, ressalta. Sofia dá sinal para os músicos. Sorridente, Alberto distribui os livros mencionados. “Com os poderes que me foram concedidos, invoco meus amigos fiéis que moram nessas estantes e que fizeram da minha vida um aprendizado constante. Aqueles que nos momentos de fraqueza me trouxeram força, nos de tristeza, alegria, nos de dúvida, certeza, e nos momentos de desânimo, esperança”, afirma ele.

Nesse momento, Alberto indica Sofia e Peter, que seguram o livro Peter Pan. “Se minha memória não me trai, vocês são... Peter Pan e Wendy, de Peter Pan, de J. M.”, fala ele. E o empresário, que entra numa espécie de “viagem”, vai chamando um a um dos seus personagens. “... e elas suspendem você no ar”, diz Peter. "Só quem é alegre, inocente e desalmado consegue voar”, explica ela. A neta e o avô caminham de mãos dadas em direção ao local da cerimônia. Alberto sorri, leve. Aí tudo volta ao normal.

ALBERTO À SOFIA: “SOSSÔ, A GRAÇA DA VIDA É QUE UMA HORA AS COISAS TERMINAM. PORQUE SE AS COISAS FOSSEM ETERNAR, A VIDA SERIA UM TÉDIO”

Nessa hora, o empresário se vira para Gabriela e Vicente, que estão com o livro Romeu e Julieta nas mãos. “Se meus olhos não me traem, vocês são... Romeu e Julieta, de Shakespeare!”, fala Alberto. O casal #Gabicente já está com  o figurino. “Senhora, juro pela santa lua que acairela de prata as belas frondes de todas estas árvores frutíferas...”, diz Vicente/Romeu. “Não jures pela lua, essa inconstante, que seu contorno circular altera todos os meses, porque não pareça que teu amor, também, é assim mudável””, fala Gabriela/Julieta.

E Alberto continua “enfeitiçando” cada um dos presentes.  Alice e Waguinho seguram o livro Capitães da Areia. E logo eles surgem como Dora e Pedro Bala de Capitães da Areia, de Jorge Amado. Na sequência, o empresário “enfeitiça” Paloma, que lê Alice no País das Maravilhas. E Marcos, que carrega Don Juan Tenório, vira Don Juan. A próxima a entrar na festa é Nana, que vira Cathy Earnshaw de O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë. Mario se transforma em Werther de Os Sofrimentos do Jovem Werther, de Goethe.

Cada um dos casais formados, lê a parte de seu personagem na obra escolhida. Em seguida, Lulu vira Sherazade, Machado, Sherlock Holmes, Leila, Emília, Tonho, Leonardo Pataca. Alberto “enfeitiça” ainda Vera, que vira Dulcinéia, e Batista, Sancho Pança. “E portanto, eu serei... Don Quixote, de Cervantes”, fala Alberto. Ele olha em volta e de repente está cercado por seus personagens, que o saúdam. Ao fundo, em off, os sambistas começam a tocar O Sol Nascerá. Mais tarde, todos cercam o empresário e cantam juntos.

Ao final da “festa”, Alberto parece abatido. Nana, Marcos e Sofia cercam o comandante preocupados. “Pai, algum problema?”, quer saber Nana. “É que fiquei emocionado demais. Depois de tantos momentos tensos e tristes que vivemos ultimamente, é bom saber que a vida é bela e que uma despedida também pode ser feliz”, constata ele. “Ah, vovô, não quero que essa despedida acabe”, pede Sofia. “Sossô, a graça da vida é que uma hora as coisas terminam. Porque se as coisas fossem eternas, a vida seria um tédio. A despedida termina aqui, mas eu ainda vou continuar com vocês por mais um tempo”, garante  ele, que se abraça com a neta.

Bom Sucesso: Famílias Silva e Prado Monteiro festejam derrocada de Diogo com brinde à cultura

Bom Sucesso: Marcos e Paloma fortalecem o seu amor em momento difícil



Veja Também