Bom Sucesso: Alice tem ataque de pânico e chama Waguinho de monstro

Ao se ver sozinha com rapaz em casa para escrever texto, ela relembra noite do abuso


  • 14 de novembro de 2019
Foto: Globo/João Cotta


O abuso sofrido por Alice (Bruna Inocencio) durante o assalto a sua casa, em que Waguinho (Lucas Leto) também participou, lhe deixou marcas difíceis de serem esquecidas.

E num momento que deveria ser de alegria, em que eles foram escolhidos para a fase seguinte do concurso de novos autores, a jovem um ataque de pânico ao ser ver sozinha com ele em sua casa.

Essa sequência deve ser exibida no dia 21 de novembro.

ALICE A WAGUINHO: “OS TRECHOS COM SEU PONTO DE VISTA FAZEM TODA A DIFERENÇA, DEIXAM A NARRATIVA MAIS RICA. ME AJUDA A FAZER O TEXTO PRO CONCURSO?”

Alice e Waguinho estão na quadra com Ramon (David Junior), quando Francisca (Gabriela Moreyra) liga para eles irem até a escola. Lá, a professora mostra algo no celular para eles. “Olha aqui, vocês foram selecionados pra próxima fase do concurso para novos autores da Prado Monteiro!”, conta ela. “Não acredito!”, vibra Alice, que abraça Waguinho, feliz. Ele curte. “Que coisa maravilhosa”, fala a diretora Elomar (Ju Colombo).

Waguinho quer saber o que eles devem fazer agora. “Um texto maior, desenvolvendo a ideia”, explica Alice. “Isso. Mas fiquem ligados no prazo, é curto”, avisa Francisca. “Que orgulho que eu tô de vocês!”, fala Elomar. “Obrigada, gente. Waguinho, acho que escrever com você tá me dando sorte”, diz a jovem. “Isso tudo é porque seu livro é bom”, afirma ele.

Alice então exalta a parceria dele. “Pode ser. Mas os trechos com seu ponto de vista fazem toda a diferença, deixam a narrativa mais rica. Me ajuda a fazer o texto pro concurso?”, pede ela. “Claro. A gente pode começar agora! Seu pai me liberou”, fala ele.

Os dois vão em direção ao computador da biblioteca, mas Elomar conta que o equipamento está com problema. Eles então vão saindo, e Waguinho diz que podem fazer no dia seguinte. “Ah, pra que esperar? A gente pode escrever lá em casa”, diz Alice. “Tem certeza?”, pergunta ele. “Claro. Essa hora não tem ninguém lá pra atrapalhar nossa concentração”, conta ela.

WAGUINHO, ARRASADO, DIANTE DE RAMON E ALICE: “NÃO ADIANTA. EU SEMPRE VOU SER UM MONSTRO”

Logo eles chegam na casa vazia. Ele sem jeito, olhando em volta apreensivo. Alice liga o computador. “Quer uma água?”, pergunta. Ele aceita. Nisso, Alice vai até a cozinha, mas para, lembrando de momentos do assalto. Momentos depois, ela está sentada no sofá, encolhida, tendo uma crise de pânico. “Alice? Que foi? Respira”, preocupa-se ele.

Waguinho então coloca a mão no braço dela, mas Alice recua. “Não encosta em mim, seu monstro!”, fala ela, angustiada. Aflito, o rapaz consegue ligar para Ramon, que imediatamente chega. “Cadê a minha filha?”, pergunta. E logo vê Alice encolhida e Waguinho tenso. A menina, aliviada, abraça o pai, e recebe o carinho de Gabriela (Giovanna Coimbra), que acompanha Ramon.

O jovem quer se explicar. “Que bom que vocês chegaram. Eu juro que eu não fiz nada, juro”, fala. “Tá tudo bem, meu amor? Eu tô aqui”, pergunta Ramon. “Não fui embora porque não queria deixar ela sozinha. Eu não queria fazer nada de mal pra ela. Eu juro, Ramon!”, conta ele. “O que aconteceu?”, quer saber o treinador. Alice então consegue balbuciar algumas palavras. “Ele não fez nada, eu...  Eu não sei se consigo...”, diz.

Waguinho, triste, confuso, chega a uma conclusão. “Não adianta. Eu sempre vou ser um monstro”, fala ele, que vai embora, arrasado. Alice chora. “Pai, ele não fez nada, mas... É que entrar aqui em casa com o Waguinho me fez lembrar do dia do assalto. Parecia que eu tava vivendo tudo de novo. Foi horrível”, afirma ela. 

Bom Sucesso: Em divã “fake”, Nana admite que está gostando de Mario

Bom Sucesso: Vicente lamenta ter escolhido a menina “mais empoderada” para gostar



Veja Também