Amor Sem Igual: Pedro Antônio espanca Leandro ao saber do estupro sofrido pela irmã

Comerciante fica fora de si ao lembrar de momentos da infância com Maria Antônia


  • 25 de março de 2020
Foto: Montagem


Aos poucos, Leandro (Gabriel Gracindo) vai começar a pagar por todo o mal que fez à Maria Antônia (Michelle Batista).

Depois de quase ser agredido por Oxente (Ernani Moraes), o advogado acaba apanhando de Pedro Antônio (Guilherme Dellorto).

Essa sequência irá ao ar a partir desta quarta, 25 de março.

LEANDRO A TOBIAS APÓS OXENTE DEIXAR A AGÊNCIA: “FIQUEI COM MEDO DO HOMEM PUXAR UMA PEIXEIRA PRA MIM. AINDA BEM QUE ELE SÓ ESBRAVEJOU”

Assim que ouve Fernanda (Bárbara França) contar que Maria Antônia foi estuprada em sua festa de aniversário por Leandro, Pedro fica fora de si. “... Mas que canalha! Cuida do painho, por favor, Fernanda. Nos falamos depois. Tchau!”, diz ele. Desesperado, o jovem desliga o celular e tira o jaleco. “Que aflição toda é essa, mano?”, quer saber José Antônio (César Cardadeiro).

Pedro não dá detalhes, mas avisa que precisa sair. José tenta descobrir o que houve, em vão. Na agência, Tobias (Thiago Rodrigues) serve uma dose de uísque para Leandro. “Estou precisando mesmo de um bom uísque”, afirma o advogado. “Eu também. Que dia...”, fala o vilão. “Pior que a Fernanda veio com tudo pra cima de mim! Sua irmã vai pedir a minha cabeça!”, constata Leandro.

Tobias concorda. “É possível...”, constata. “Fiquei com medo do homem puxar uma peixeira pra mim. Ainda bem que ele só esbravejou”, fala Leandro, referindo-se a Oxente. “Acho que depois dessa o Pedro Antônio não vai querer conviver com a Fernanda. Se continuar com ela vai sempre se lembrar do que aconteceu com a irmãzinha dele”, debocha Tobias.

Amor Sem Igual: Peppe é jogado desacordado em hotel após ter rim roubado

Amor Sem Igual: Hugo se choca ao ver Maria Antônia se jogar no lago e desaparecer

PEDRO SE TRANSFORMA TOMADO PELA RAIVA E DÁ VÁRIOS SOCOS EM LEANDRO: “VOCÊ VAI PAGAR PELO QUE FEZ COM A MINHA IRMÃ! EU TE MATO!”

Nisso, aparece Pedro em sua caminhonete, parado no acostamento da estrada. Ele está com o olhar distante e triste. Ali, se lembra de momentos com a irmã na infância. “Não me pega. Lá, lá, lá...”, diz Maria, criança. “Cuidado, Maria Antônia, ele vai te pegar”, diz Pedro. Depois, entra um flashback de quando ele tinha por volta de 14 anos, José, 12, Antônio Junior, 10, e Maria, 8 anos. Todos brincam de cobra-cega.

José está com uma venda nos olhos e tenta pegar os irmãos, que correm e se divertem. “Cuidado, Maria Antônia, ele vai te pegar”, fala Pedro. “Estou aqui!”, diz Antônio. Pedro ajuda Maria a fugir. “Não me pega. Lá, lá, lá...”, fala a menina. Durante toda a brincadeira, ele protege a irmã. Ao final, no colo de Pedro, Maria dá um beijo no rosto no irmão mais velho e agradece pela ajuda. No carro, ainda no acostamento, ele está com olhos marejados pelas lembranças.

Nesse momento, ele volta o olhar para o retrovisor e sua expressão terna dá lugar a raiva. Ele se transforma e, furioso, soca o volante. “Ahhhhh...”, grita. Revoltado, Pedro acelera o carro. Momentos depois, ele já está na frente da agência. E entra, enfurecido, no momento em que Leandro sai da sala de Tobias. O advogado fica tenso e diz que Fernanda já saiu. “Minha conversa é contigo, seu canalha! Covarde!”, fala.

Leandro afirma que não tem nada para falar com ele e vai saindo. Mas Pedro se coloca na frente dele. “Sai da minha frente!”, pede o malvado. “Você vai pagar pelo que fez com a minha irmã!”, diz o comerciante. “Não sabia que ela era garota de programa, senão teria pagado na hora”, provoca. Furioso, Pedro desfere um soco em Leandro, que cai sobre a mesa. O advogado está assustado com o olhar de ódio do rapaz. “Eu te mato!”, fala o filho de Oxente, que vai desferindo soco atrás de soco em Leandro.

Amor Sem Igual: O desespero de Peppe pouco antes de ter o rim roubado

Amor Sem Igual: Maria Antônia revela a Oxente que foi estuprada



Veja Também