Amor Sem Igual: Ida de Poderosa e Miguel a shopping tem pancadaria e prostituta seminua

Garota diz não ser a mulher que o agrônomo merece


  • 13 de fevereiro de 2020
Foto: Reprodução Record TV


Poderosa (Day Mesquita) ficou feliz da vida ao saber que Furacão (Dani Moreno) e Duplex (Miguel Nader) ficaram noivos.

Tanto que ela decide ir ao shopping com Miguel (Rafael Sardão) comprar um presente para o casal. Mas esse passeio custará caro aos dois.

Essa sequência deve ser exibida nesta quinta-feira, dia 13 de fevereiro.

PODEROSA VAI A SHOPPING COM MIGUEL E FICA FASCINADA POR UM VESTIDO. MIGUEL, ENTÃO, FALA QUE LHE DARÁ DE PRESENTE

Poderosa diz estar muito contente por Furacão, que é batalhadora e merece ser feliz. Miguel diz que ela também merece. A jovem pede para ele não começar... O agrônomo diz que não falou nada demais. “Quem não te conhece que te compre”, fala ela. Miguel brinca que ele é de graça para ela. A jovem revira os olhos e se afasta sob o sorriso do rapaz. Um pouco depois, os dois já estão no shopping.

Poderosa fala que quer comprar algo bacana para a amiga. E para em frente a uma loja de lingerie. Ela sugere, então, uma vermelha, bem sexy e provocante para deixar Duplex babando. O agrônomo fala que talvez seja melhor algo para a casa dela. Irônica, a garota diz que só falta ele querer comprar uma batedeira para a Furacão fazer bolo. Miguel afirma que não é uma má ideia. A prostituta diz que é péssima e que não será o talento dela na cozinha que vai manter o maridão satisfeito.

Nessa hora, ela fica fascinada diante de um vestido chiquérrimo na vitrine de uma loja. Miguel acha bonita a roupa, melhor do que a lingerie. Mas Poderosa avisa que se fosse comprar uma “belezinha” como aquela, seria para ela, mas seu cartão de crédito está estourado. Ela se afasta, mas Miguel a chama. Ele diz que dará a ela o vestido de presente. Tentada, a jovem fica na defensiva e diz que não quer. O rapaz pergunta o motivo. E ela diz que não é seu aniversário e que só aceita presente se for de cliente.

Miguel lembra que lhe deu a pashmina. “Por acaso sou cliente seu?”, questiona. Irritada, ela tira a pashmina e fala que não a quer no pescoço como se fosse coleira pra cachorro. Miguel suspira, decepcionado. E diz que parece que cada gesto seu carinhoso é munição para ela se afastar dele. Nisso, ele a segura e a puxa para dentro da loja até o vestido que ela gostou. A vendedora a olhar de cima a baixo. Poderosa saca. Um pouco depois, ela vai experimentar a roupa na cabine.

PODEROSA DIZ A MIGUEL QUE ELA NÃO É A MULHER QUE ELE DESEJARIA PARA NAMORADA, NOIVA E ESPOSA: “CHEGA DE ME IDEALIZAR”

Nisso, dois homens que a reconheceram como prostituta, a observam. Um deles sorri, lascivo, e segue atrás dela. Logo se ouvem gritos de Poderosa. “Me solta, seu canalha!”, fala. Nisso, ela sai do provador com o vestido novo, nervosa. O homem a segue, dizendo que paga a roupa em troca de uma boa sessão. Ele tenta atacá-la. E, antes de Miguel chegar, a jovem dá um chute nas genitálias do cara. Ele geme, mas a segue e a chama de vagabunda. Miguel pede para ele tirar as mãos dela.

O homem o chama de cafetão. Miguel tenta sair, mas o cara o agride. E os dois se engalfinham ali. Poderosa vê a vendedora chamar os seguranças e tenta sair, de fininho. . Mas ao passar pelo sistema de alarme, ele apita. A vendedora percebe e segue atrás. Ela diz que Poderosa não pode sair com a roupa que ainda não foi paga. A vendedora também fala que conhece o “tipo” dela e pede novamente o vestido de volta. Furiosa, Poderosa não tem dúvidas: ela tira a roupa ali mesmo, ficando praticamente seminua.

Homens, mulheres, crianças e idosos que passam, se surpreendem com a cena. Assim que é retirado da loja, Miguel fica pasmo também ao ver Poderosa só de lingerie. Já no carro, ele não esconde a sua irritação. Poderosa explica que ficou seminua porque a imbecil da vendedora não queria deixar ela ir embora com o vestido. Mesmo ela falando que ele iria pagar. Miguel fala que eles passaram a maior vergonha. A jovem diz que vergonha quem deveria ter era o homem que a agarrou. E que Miguel não tinha nada que brigar. Mas ele alega que o homem a defendeu. Ela, então, pergunta se ele vai brigar com todos os homens que ela já dormiram com ela...

E continua dizendo que carregará para sempre o que ela é. Miguel a corrige. “O que você era!”, fala. Poderosa agradece pelo vestido. Miguel diz que não é pelo vestido que ela deve agradecer, mas por ele tê-la defendido. Nisso, ela fala que não precisa de ninguém para defendê-la. Ele lembra que se não estivesse lá, ela teria apanhado. Poderosa lembra que não seria a primeira vez. E que ela não é a garota que ele desejaria para namorada, noiva, esposa... “Chega de me idealizar!”, fala. Eles se encaram. Miguel, então, diz que sabe que ela não é esse tipo de mulher, mas que pode vir a ser... A jovem revira os olhos.

Amor Sem Igual: Fernanda acusa Tobias da morte de Luciana e parte pra cima dele

Amor Sem Igual: Duplex surpreende Furacão com pedido de noivado “fofo”



Veja Também