A Força do Querer: Ruy e Zeca se reencontram, trocam insultos e socos

Rivais nem imaginam a forte ligação que os mantém desde a infância


  • 15 de outubro de 2020
Foto: Reprodução Globo


Zeca (Marco Pigossi) está prestes a sair de casa, quando vê o fio que ganhou na infância de um índio ali sobre a mesa. Ele pega e fica olhando para o objeto. Nesse momento, ele lembra de imagens da tribo. “Eu, heim!”, diz ele. Depois ele conversa com Nazaré (Luci Pereira). “Fico pensando aqui comigo: será que o outro menino tem essas visagens também?”, diz, em relação a Rui (Fiuk). “Vai ver que nem guardou esse fio, do jeito que tu guardaste!”, diz ela. Em seguida, aparece Rui, que está na oficina de Abel (Tonico Pereira) consertando o pneu do carro, conferindo o fio que está em seu bolso. Eis que Zeca aparece e o reconhece. “Pai?”, diz ele.

Rui e Zeca se encaram. Abel fala que o pneu está pronto. E o playboy pergunta quanto lhe deve. Enquanto faz o pagamento, Zeca se aproxima, olhando feio para Rui. “Tá querendo o que aqui?”, indaga o motorista. Abel repreende o filho. “Oxi! Tedoidé?”, fala. Zeca fala que tem outros lugares para consertar carro por ali, que não seja a oficina do pai dele. “Sabia que era teu pai”, diz Rui. Abel vai se intrometer novamente, até que Zeca entrega o rival. “É ele! O disgramado lá de Parazinho! O que levou  Ritinha”. Abel parece incrédulo. “É ele?”, diz. Rui avisa que está na paz. “Não é por ter levado ela não, que foi até um favor que me fez, tirando uma caninana dessa do meu caminho, viste?”, fala Zeca.

Rui tenta falar. “Cara...”, mas é cortado. “É porque quis me fazer de besta, me dando uma carga pra trazer aqui pro Rio, só pra poder deixar ela sozinha e dar o bote!”, lembra o ex-caminhoneiro. Rui tenta se defender, mas é infeliz na fala. “Paguei bem, não paguei?”. Zeca avança contra o rival. “Tá faltando trôco!”, avisa. Abel tenta acalmar os ânimos. “O que é isso? Zeca! Vamo parar com isso!”, diz. Mas não adianta. Os dois se embolam e começam a brigar. Nisso, Abel tira o cinturão e começa a bater em ambos. “Caba com isso! Zecaaa! Alguém acode aqui! Isso aqui não é rinha não! tão parecendo dois galos de terreiro!”, fala. “Fica longe de mim, tá?”, diz Rui. “Não me acertei contigo inda não, inda te pego de jeito!”, promete.

Rui diz que ele se dará mal. Abel grita que acabou, pede para o playboy ir embora. “Acabou mesmo! Já me casei com ela, já...”, fala o ricaço. Zeca o provoca. “Se eu quiser! Se eu deixar!”, ameaça. Abel bate com o cinturão no chão. Um rapaz se aproxima e afasta Rui. Zeca continua o encarando com raiva. Instantes depois, Rui é cuidado por Edinalva (Zezé Polessa), Ritinha (Ísis Valverde) e Marilda (Dandara Mariana). Ele conta o que houve. “Eita! Zeca nunca foi nem de andar brigando no meio da rua!”, diz Marilda. “Por causa de mim, já cansou de brigar!”, lembra Ritinha. “Tá doendo, tá?”, pergunta ela. “Ele deu mais também levou!”, conta o playboy.

Ela lembra que disse para ele não vir. “Agora é que cê não volta mesmo aqui se não for comigo!”, avisa ele. “Tu não és meu dono não, menino!”, fala a jovem. Rui abraça a sua “sereia”. “Sou! Sou sim!”, fala. Já na casa de Nazaré, ela cuida dos ferimentos de Zeca. “Mas olha como é que isso tá!”, diz ela. “Vá ver como é que ficou o olho dele também, vá!”, fala. Abel diz que se soubesse quem ele era, teria feito uma pergunta. “Ia era perguntar porque que ele não tá apressando logo esse divórcio! Égua! O filho já vai nascer e o homem não tá fazendo questão de se casar de papel passado não?”, fala. Mas Zeca faz uma ressalva. “Depende dele querer não, pai! Só casa se eu quiser! Se eu deixar! Falei bem na cara dele, não falei?”, gaba-se o motorista, mal sabendo que Ritinha fraudou os documentos dela em Parazinho, como se continuasse solteira.

A Força do Querer: Climão no primeiro encontro de Jeiza e Ritinha

A Força do Querer: Bibi discute com Jeiza após prisão de Rubinho

 



Veja Também