A Dona do Pedaço: Vivi termina namoro com Chiclete

Influencer se choca ao saber profissão do amado e que era a “encomenda” dele


  • 01 de agosto de 2019
Foto: Reprodução Globo


 

Mais cedo ou mais tarde, Vivi Guedes (Paolla Oliveira) ficaria sabendo da verdadeira profissão do amado, Chiclete (Sérgio Guizé).

E é ele próprio quem conta que era de uma família de matadores de aluguel. E que a influencer era a sua “encomenda”, em São Paulo.

Essa sequência irá ao ar no dia 26 de agosto.

VIVI ESTUPEFATA AO SABER A VERDADE DE CHICLETE: “EU? A ENCOMENDA ERA EU?”

Vivi fica atônita ao ouvir toda a história. “Eu? A encomenda era eu?”, diz. “O Cosme queria que seu pai sofresse o que ele sofreu quando perdeu a filha. Foi lá pro Espírito Santo. Procurou minha família”, conta. “Sua família”, repete ela. “Minha família vivia de fazer justiça. Há várias gerações... Então, é como você percebeu quando foi lá. O gado que meu pai tinha era pouco. Plantação quase nenhuma. Meu pai, meus parentes, o pai da Maria da Paz...”, explica.

Ela reage ao ouvir o nome de Maria da Paz, e ele conta que é primo de terceiro ou quarto grau dela. “A família dela também vivia de fazer justiça”, diz ele. “Cê não tá falando de justiça. Justiça é quando as pessoas vão para o tribunal e são julgadas de acordo com a lei. Cê tá falando  de encomendar a alma”, ressalta ela. “Era nossa forma de ver a justiça. Quando o Cosme procurou minha família, ele queria vingança contra o seu pai. Olho por olho, dente por dente”, fala o justiceiro.

Vivi continua estupefata, até que Chiclete lembra que, no início, achava que seu “alvo” era a Kim (Monica Iozzi). “Os tiros na Kim. Foi você”, lembra Vivi. Chiclete abaixa a cabeça. “Por sorte sempre aconteceu alguma coisa na hora, não acertei... Quando eu te conheci, Vivi, foi como um furacão entrando dentro de mim...”, confessa ele. “Quando cê percebeu que eu era a encomenda?”, quer saber ela. “Faz um tempo”, diz ele.

 

CHICLETE REVELA QUE NÃO A MATOU POR AMOR: “EU TAVA DISPOSTO A RECEBER A BALA POR VOCÊ, VIVI”

Virgínia quer saber a verdade dele. “E cê... pensou em entregar a encomenda?”, pergunta ela. “Pensei. Mas não tive coragem”, fala. Aí entram cenas dele com revólver pensando em como atirar na amada. “Eu nunca poderia tocar num fio do teu cabelo”, garante ele. “Então cê pensou em...”, diz Vivi. “Eu tinha dado minha palavra. Mas quando eu olhava pra você, eu sabia que era impossível, eu sabia que nunca entregaria aquela encomenda”, afirma.

Virgínia insiste. “Nunca?”, fala. “Nunca. Então meu pai mandou outro justiceiro. Ele tentou atirar, mas eu também impedi”, conta ele, lembrando do dia em que Leandro (Guilherme Leicam) entrou na mansão dela. Depois, eles falam do dia da morte de Cosme (Osvaldo Mil). “Você atirou”, lembra a influencer. “Pra te salvar, Vivi. Sabe, na minha família, quando alguém recebia uma encomenda e não entregava a lei é que essa pessoa devia receber a bala no lugar da encomenda. Eu tava disposto a receber a bala por você, Vivi”, fala ele.

 

A jovem fica mexida. “Estava disposto a morrer por mim?”, quer saber ela. “Que me importava? Mas meu pai também não teve coragem de atirar em mim. E então não restou ninguém na minha casa pra aceitar uma encomenda continuar o que eles faziam”, conta ele. “Mesmo assim, é difícil pra mim. Você veio desse lugar”, ressalta ela. Chiclete quer saber se ela irá denunciá-lo. “Como, se você salvou minha vida... Mas... Também não posso aceitar tudo isso que me disse Chiclete”, admite ela. “Que cê quer dizer?”, pergunta ele. “Eu não posso continuar com você”, diz Vivi, deixando Chiclete arrasado.

A Dona do Pedaço: Chiclete, de matador a herói de Vivi

 

A Dona do Pedaço: Josiane fica nas mãos de outro pilantra



Veja Também