A Dona do Pedaço: Maria da Paz frente a frente com rival

Atual de Amadeu, Gilda ajuda Josiane a convencer boleira a gastar fortuna em mansão


  • 05 de julho de 2019
Foto: Montagem


Convencida pelos golpistas Josiane (Agatha Moreira) e Régis (Reynaldo Gianecchini), respectivos filha e marido, Maria da Paz (Juliana Paes) será convencida a gastar uma fortuna que nem tem para comprar a mansão dos sonhos da herdeira mimada.

Assim, sem avisar a mãe, ela marca com Gilda (Heloísa Jorge), corretora e atual mulher de Amadeu (Marcos Palmeira), para mostrar a casa à boleira. Será o primeiro encontro entre as duas.

Essa sequência irá ao ar no dia 19 de julho.

MARIA À GILDA: “DESCULPA. MAS EU QUERO QUE CÊ FIQUE SABENDO QUE NUNCA QUIS ROUBAR SEU MARIDO”

Convencida por Josiane, Maria vai até a mansão que a filha amou. “Mas é um palácio, Josiane”, fala a empresária diante da casa. “Jô. É a casa que a gente merece”, fala a jovem. Nisso, Gilda vem de dentro da mansão. “É a corretora”, diz Jô. “Muito prazer, sou Gilda Matheus. Já a conheço muito de nome, Maria da Paz. Eu sou a mulher do Amadeu”, apresenta-se ela. Maria e Gilda se encaram. “Ah, cê é a Gilda. A Gilda do Amadeu”, fala Maria.

Logo Gilda elogia a boleira. “Você é bonita, Maria da Paz”, diz. “Brigada, cê também é”, fala a boleira. “Eu sempre quis conhecê-la. Saber quem é você”, confessa a corretora. “Eu também tinha curiosidade. Desculpa. Mas eu quero que cê fique sabendo que nunca quis roubar seu marido”, diz a empresária. “Eu sei. Agradeço a você por isso”, fala Gilda

Maria tenta explicar o seu lado. “Foi tudo uma história... sabe como é? Uma história do passado que renasceu, mas ele tá feliz com você, não tá? Eu tou casada com outro. Tá todo mundo feliz, é o que importa”, fala Maria, pondo um fim a qualquer saia justa. “Cês vão ficar falando sobre casamento, sobre meu pai? A gente veio ver o imóvel”, lembra Jô. “Eu estou encantada por te conhecer”, fala Gilda. “Eu também, eu também”, garante Maria.

A partir daí, Gilda começa a falar sobre a casa, diz que o preço está abaixo do valor do mercado e que é um  excelente negócio. “O Amadeu me preveniu que talvez seja difícil você comprar, mas aproveitei a oportunidade para nos vermos, quem sabe nos tornarmos amigas”, fala Gilda. “Claro. Amigas. Mas o Amadeu não tem que dar palpite se posso ou não comprar”, avisa Maria. “Como assim?”, quer saber Gilda. “O Amadeu não sabe das minhas finanças, das minhas condições...”, diz. “Foi só um comentário”, desculpa-se a corretora. E elas seguem para ver a mansão.

GILDA SOBRE MARIA A AMADEU: “ELA FOI GENTIL, EU TAMBÉM. SÓ QUE ELA NÃO É TÃO BONITA COMO EU PENSAVA”

Já em sua casa, Gilda surge eufórica diante de Amadeu. “Sua filha ligou. A Maria da Paz gostou da casa. Aliás, a gente se conheceu pessoalmente”, conta. “E como foi?”, quer saber ele. “Ela foi muito gentil, eu fui gentil também. Só que ela não é tão bonita como eu pensava”, afirma Gilda. “A Maria da Paz é linda”, rebate Amadeu. “Mais que eu?”, quer saber a corretora, enciumada. “São belezas diferentes... Vai transformar a conversa numa DR?”, pergunta ele.

Ela diz que não. “Estou comemorando. Nada vai tirar minha alegria. Acho que vai sair negócio”, conta. “Mas a casa era muito cara, não?”, indaga ele. “Parece que a Maria da Paz vai fazer um empréstimo. Foi o que a Josiane disse. Amadeu, comemora!”, pede ela. “Gilda, é que um empréstimo muito grande, tudo bem, a Maria da Paz consegue. Só que depois, como vai pagar?”, preocupa-se ele.

Nisso, ela fala que Maria é rica, tem a fábrica. “Está pensando pequeno, Amadeu. Ou melhor, está preocupado com a Maria da Paz... Devia ficar contente por nós, pelo bom negócio que estou conseguindo”, fala ela. “Eu estou contente. Muito. Mas é que um negócio assim, até me assusta”, diz. “Eu estou ganhando dinheiro. É isso que importa”, vibra Gilda.

A Dona do Pedaço: Vivi Guedes esbofeteia Fabiana

A Dona do Pedaço: Maria e Téo começam a desconfiar de Josiane



Veja Também