A Dona do Pedaço: Cosme encomenda a morte de Vivi

Pai de Edilene, morta após aborto, mostra foto da influencer ao justiceiro Chiclete


  • 10 de junho de 2019
Foto: Globo/Raquel Cunha


Após engravidar de Otávio (José de Abreu), Edilene (Cynthia Senek) faz aborto numa clínica clandestina, mas acaba tendo complicações e morre depois num hospital público.

O motorista Cosme (Osvaldo Mil) é chamado e ainda encontra a filha viva. Ele a obriga a contar quem era o pai da criança, e ela revela o nome de Otávio antes de morrer.

Essa sequência irá ao ar a partir do capítulo do dia 17 de junho. 

JUSTICEIRO CHICLETE APÓS VER FOTO DE VIVI, COM KIM E JOSIANE: “ESSA FILHINHA DO SEU PATRÃO JÁ ERA”

Arrasado e com ódio nos olhos, Cosme promete fazer Otávio sentir a mesma dor que ele está sentindo. E decide mandar matar Vivi Guedes (Paolla Oliveira), filha do empresário. Antes de tirar uns dias de descanso, ele fotografa a jovem influencer, junto da empresária Kim (Monica Iozzi) e de Josiane (Agatha Moreira), e viaja até a casa da família de justiceiros Ramirez, no Espírito Santo.

Lá, ele é recebido por Ademir (Genézio de Barros), Adão (César Ferrario) e Mão Santa (Guilherme Leicam), e logo explica a situação. Mão Santa se dispõe a cumprir o serviço, mas Adão logo chama Chiclete (Sérgio Guizé), agregado da família, por ter mais experiência. “Dá a foto, o nome e o endereço do sujeito que ele já tá morto”, fala o rapaz, assim que entra na sala.

Cosme tira do bolso a foto que fez de Virgínia, com Josiane e Kim. “Imprimi a foto. Não é um homem. É uma moça”, fala Cosme, que explica que quer que o culpado sinta a mesma dor que ele. “Na foto tem três moças”, fala Chiclete. “Uma delas é a dona Virgínia”, diz Cosme, que se emociona ao revelar toda a história, até o momento em que Ediliene lhe confessou o nome de Otávio como pai da criança.

Cosme chora, e Chiclete põe a mão no ombro dele. “É ele... ele é o culpado”, diz o motorista. “O certo então não era matar o sujeito?”, fala Chiclete. “Aqui nós não dá opinião”, o repreende Adão. “É a vingança mais forte... Eu quero chegar pra ele e dizer. Cê matou minha Edilene... táqui o troco”, fala Cosme. O motorista diz que paga o que eles pedirem.

Adão assente, sem nem imaginar que Vivi é, na verdade, uma Ramirez. “Homem, esse aqui, o Chiclete, é meu filho. Nós aqui temos um código de honra. Se ele não cumprir o prometido, é ele quem vai”, fala Adão, surpreendendo Cosme. “Aqui é desse jeito. O justiceiro que não faz justiça merece morrer”, conta Chiclete, que vê novamente a foto. “Aqui tem três. Qual é a Virgínia?”, quer saber. “A do canto”, diz Cosme. E Chiclete põe o dedo sobre Kim, sem Cosme perceber. “Essa filhinha do seu patrão já era”, fala Chiclete, já mexendo no seu revólver.

Com o “alvo” errado em mente, já em sua estada em São Paulo, Chiclete vai se apaixonar pela verdadeira “encomenda”, Vivi Guedes...

A Dona do Pedaço: Britney sofre humilhação em jantar

A Dona do Pedaço: Vivi descobre que Fabiana é sua irmã

Sérgio Guizé, o Chiclete, terá como missão matar Vivi Guedes



Veja Também