A Dona do Pedaço: Chiclete, de matador a herói de Vivi

Justiceiro atira em Cosme e salva a vida da amada


  • 31 de julho de 2019
Foto: Globo/Estevam Avellar


 

O amor vai falar mais alto para Chiclete (Sérgio Guizé). Mesmo decidido a cumprir a palavra dos Ramirez, matando a “encomenda”, seu amor Vivi Guedes (Paolla Oliveira), o justiceiro virará mesmo herói.

É que ao chegar na casa da influencer, ele flagra Cosme (Oswaldo Mil) com a arma na cabeça da jovem. E não tem dúvidas, mata o motorista.

Essa sequência irá ao ar a partir desta quinta-feira, dia 2 de agosto.

COSME PEGA O REVÓLVER E DIZ À VIRGINIA QUE ELA IRÁ MORRER: “EU TENHO QUE VINGAR MINHA FILHA... ELA TAVA GRÁVIDA DO SEU PAI”

Ao perceber a demora na entrega de sua “encomenda”, Cosme decide agir pelas próprias mãos. Primeiro, ele desliga as câmeras da casa de Vivi. Ao mesmo tempo, Chiclete se despede, abalado, de Antero (Ary Fontoura). Ele decidiu que, após matar Vivi, se matará. Mas claro que nunca imaginaria o que estava prestes a acontecer.

Virgínia vai até a portaria esperar Chiclete e estranha não ver o segurança. Cosme se aproxima dela. “Dispensei”, fala ele, encarando a jovem. “Algum motivo?”, quer saber ela. “Um bom motivo”, diz o motorista, que pega o revólver. “Vai morrer, dona Virgínia. Vai morrer”, afirma ele. Nisso, Chiclete está chegando, sem ser visto por nenhum deles.

 

Virgínia está assustada. “Quer me matar, Cosme? Por quê? O que eu te fiz? Não atire. Vai pra cadeia. Vai estragar sua vida”, diz ela. “Minha vida não me importa mais depois que perdi minha Edilene”, ressalta ele. “Mas eu nunca te fiz nada de mal”, lembra ela. “Eu tenho que vingar minha filha... A minha Edilene. Ela tava grávida do seu pai”, conta. “Do meu pai? Eu sempre desconfiei, mas certeza eu não tive”, fala ela.

APÓS FICAR SOB A MIRA DO REVÓLVER DE COSME, VIVI AGRADECE O AMADO: “CHICLETE, CÊ ME SALVOU...”

Virgínia diz que chegou a colocar o pai contra a parede na época. “Só Deus sabe o que sofro por ter perdido minha Edilene”, afirma ele. “Mas eu gostava dela, tentei conversar com ela. O que aconteceu foi horrível. Por que tenho que pagar?”, pergunta Vivi. “O seu pai ama a senhora. Eu vejo nos olhos dele. Tem adoração”, fala. “Eu também amo meu pai. E minha mãe”, conta a influencer. “Se ele perder a senhora vai ser um golpe, não é? Eu quero que ele sofra o mesmo que eu sofri quando minha filha morreu”, avisa.

Vivi tenta dissuadi-lo, em vão. “Vai morrer, pelo sangue da Edilene... A senhora sempre foi gentil comigo. Em consideração, dou um minuto pra rezar. Pra encomendar sua alma a Deus. Reza!”, fala ele. Virgínia hesita, mas começa a rezar. “Adeus, dona Virgínia. Adeus”, diz Cosme, que vai atirar. Chiclete vê tudo e atira antes, matando o motorista. “Chiclete”, grita Vivi. E os dois se abraçam.

 

Logo se ouvem gritos de Beatriz (Natália do Valle) e Otávio (José de Abreu). “Chiclete, cê me salvou...”, fala Vivi, ainda tremendo. “Eu tenho muita coisa pra falar”, diz ele. “Eu... imagino”, fala ela. Nisso, estão chegando os pais da influencer. “Foge”, pede Vivi ao seu amor. “O quê?”, diz ele. “Não pode ser pego em flagrante. Foge depressa”, insiste ela. “Meu amor”, diz ele. “Foge. Por você. Por nós. Eu abro a cancela pra você. Foge!”, implora ela. E Chiclete entra no carro que era de Cosme e sai pelo portão.

A Dona do Pedaço: Josiane fica nas mãos de outro pilantra

 

A Dona do Pedaço: Maria enfrenta Jô e diz que ela se arrastará por perdão



Veja Também