A Dona do Pedaço: Chiclete chora ao saber que deverá matar Vivi

Justiceiro transa com amada e deixa no ar que pode ser a última vez deles juntos


  • 06 de julho de 2019
Foto: Globo/João Miguel Júnior


Chiclete (Sérgio Guizé) finalmente descobrirá que tinha em sua mira o alvo errado, Kim (Monica Iozzi). E para seu desespero, ele fica sabendo que terá deverá matar o seu amor, Vivi (Paolla Oliveira).

Tudo acontece quando ele estará entrando para um jantar na casa da amada e é recebido por Cosme (Oswaldo Mil), que sorri para ele. Durante o papo com o motorista, ele fica pasmo com a notícia que recebe.

Essa sequência irá ao ar a partir do dia 20 de julho.

VIVI APÓS CHICLETE DIZER QUE AQUELA PODE SER A ÚLTIMA NOITE DE AMOR DELES: “IMAGINA, A GENTE TEM A VIDA TODA PELA FRENTE”

Assim que vê Cosme, Chiclete pergunta o que ele faz naquela casa. “Eu trabalho aqui como motorista. Cê demorou muito tempo pra aparecer e entregar a encomenda. Mas tudo bem, agora que apareceu é rápido, não é?”, diz. Chiclete fica surpreso. Nisso, Virgínia vem de dentro sorrindo. “É ela. A encomenda. É ela que cê tem que matar”, fala Cosme. Chiclete fica atônito, sem reação.

Vivi recebe o namorado com carinho e pergunta se ele já conhecia Cosme. Chiclete diz que não, ainda sem reação, e sob o olhar do motorista. “Cê tá bem?”, estranha ela. “Eu... muito bem”, fala ele. Assim que o casal entra o quarto, a influencer quer saber o que está acontecendo. “Senta aqui, cê não tá bem. Tá meio fora do ar”, diz. “É? Sei lá, tou sentindo uma coisa estranha”, conta ele.

Logo Vivi resolve buscar um sanduíche para o amado. “Vai se sentir melhor”, diz ela, que sai. Chiclete pega o revólver e olha. Momentos depois, a influencer volta com uma bandeja e oferece o lanche ao amado. Aí ele pede informações sobre Cosme, enquanto come. E Virgínia o olha. “Tão bonitinho ver você comer”, fala ela. “Cê gosta de mim, dá pra ver que cê gosta de mim”, afirma ele. “Amo”, declara-se ela. E Chiclete sorri, ainda abalado.

Mais tarde, ainda deitados na cama, após fazerem amor, eles conversam. “Cê é tão linda”, ressalta ele. “Tá romântico hoje”, brinca a jovem. “Sempre fui romântico”, garane ele. “Mas tá diferente... não sei explicar, hoje cê fez amor como se fosse a última coisa que fizesse na vida”, constata ela. “E se for a última?”, fala ele, reflexivo. “Imagina, a gente tem a vida toda pela frente”, diz ela. "A vida toda, o que dura a vida toda?”, fala ele.

CHICLETE CAI NO CHORO LOGO APÓS PROMETER A COSME “ENTREGAR A ENCOMENDA

Nesse instante, o justiceiro acende um fósforo e apaga a chama. “A vida é uma chama. Apaga”, fala ele. “Cê tá num estado de espírito diferente. Não entendo”, constata ela. Chiclete logo se veste. “Vai embora?”, quer saber Vivi. “Eu já disse que não me acostumo com a ideia de dormir na sua casa, debaixo do teto dos seus pais”, fala ele. “Mas fizemos amor. Pensei que tinha superado isso”, diz ela. “Não superei de verdade. Mas precisava te abraçar, beijar seu corpo. Eu te amo muito, Vivi. Muito”, declara-se ele.

Vivi também diz que o ama. E Chiclete despede-se, dizendo que ela não precisa acompanhá-lo até a porta. “Descansa”, fala ele, que a beija, e sai. Já lá fora, ele procura Cosme. “Parabéns”, diz o motorista. “Por que tá me dando parabéns?”, quer saber ele. “Gostei do seu plano. Não sei como, mas conseguiu namorar a dona Virgínia. Assim pode se aproximar e escolher a hora do abate. Muito esperto da sua parte. Pode matar ela sem deixar pistas”, ressalta Cosme.

Logo ele conta como perdeu a sua filha, Edilene (Cynthia Senek), e diz que quer que Otávio (José de Abreu), o pai de Vivi, sinta a mesma dor. Chiclete diz lembrar da história, mas de ter ouvido o nome Kim. Logo Cosme diz que esta é uma amiga de Virgínia, que também estava na foto que mostrou a ele e a Adão (César Ferrario). “Mas eu pedi a vida da dona Virgínia”, afirma o motorista.

Chiclete ainda tenta conversar mais com ele. “Mas tem que entender, eu e a Vivi...”, fala o justiceiro. “Não tenho que entender nada. Eu fui lá na sua casa, falei com o chefe da família. Me deram a palavra. Ou cê não é homem de palavra?”, o desafia Cosme. “Não me desafia. Eu tenho palavra sim”, fala ele. “Entrega a encomenda. Mostra que tem honra”, pede Cosme. “Tá certo. Eu vou entregar a encomenda”, diz o justiceiro. Já em seu quarto na casa de Maria da Paz (Juliana Paes), Chiclete olha a foto com Vivi, Kim e Josiane (Agatha Moreira), e cai no choro.

A Dona do Pedaço: Maria da Paz frente a frente com rival

A Dona do Pedaço: Vivi Guedes esbofeteia Fabiana



Veja Também