Meu Destino é Ser Star é embalado por canções de Lulu Santos

Espetáculo fala de toda a forma de amor, sonhos e mostra os bastidores de um musical


  • 19 de janeiro de 2019
Foto: Markos Fortes


Por Luciana Marques

*Esta matéria também está disponível em vídeo, abaixo.

Uma história embalada pelas canções do poeta Lulu Santos, que fala de todas as formas de amor, de sonhos, e ainda mostra o que acontece por trás da produção de um grande musical. Esse é o mote da da superprodução Meu Destino é Ser Star, que estreia neste sábado, 19 de janeiro, no Teatro Riachuelo, Rio.

Escrito por Diego De Angeli, Leandro Muniz e Renato Rocha, produção da EmFoco Produções Artísticas em parceria com a Aventura Entretenimento, e direção musical e arranjos de Zé Ricardo, o espetáculo conta no elenco com 10 atores e 40 canções do repertório de Lulu Santos.

Foto: Felipe Panfili/Divulgação

“Foram meses de pesquisas, nos debruçamos em 300 músicas para ver o que linkava a partir dessa ideia que era O Meu Destino é Ser Star, que falasse de sonho, de amor. E também nesta metalinguagem, onde uma diretora, no caso a personagem da Helga, está montando uma peça que se chama Toda a Forma de Amor, e como esses personagens se encontram nesse processo criativo”, explica o diretor Renato Rocha.

40 Anos Esta Noite, espetáculo LGBTI+, tem estreia no Rio

Gabriela Duarte e Silvio Guindane estreiam Perfume de Mulher

ELENCO TEM 10 ATORES, A MAIORIA DESTAQUE NO CENÁRIO DO TEATRO MUSICAL

No elenco da montagem, que lança Jéssica Ellen em musicais, nomes já com experiência no gênero. São eles: Helga Nemetik (Chaplin, O Musical); Myra Ruiz (Wicked), Mateus Ribeiro (Peter Pan), Gabriel Falcão (Les Misérables), Victor Maia (60! Década de Arromba – Doc. Musical), Carol Botelho (Peter Pan), Marina Palha (S’imbora, O Musical – A História de Wilson Simonal), Ana Elisa Schumacher (Chacrinha, O Musical) e Leonardo Senna (Ayrton Senna, O Musical).

Helga Nemetik e elenco. Foto: Felipe Panfili/Divulgação

“A gente sempre traz um pouco da experiência que a gente teve com diretores, trejeitos, jeito de falar. Mas eu tentei buscar o que a dramaturgia, o perfil da persoangem da diretora Helga precisava”, conta Helga Nemetik.

O inusitado é que cada personagem tem o nome do próprio ator.

Meu Destino é Ser Star. De 19/01 a 24/02. Teatro Riachuelo. Rua do Passeio, 38, Cinelândia, Centro, Rio. Sextas e sáb., às 20h, e dom., às 18h. De R$ 40,00 a R$ 150,00. Duração: 150min (15 de intervalo). Classificação: Livre.



Veja Também