Alex Morenno e Augusto Zacchi são Van Gogh e Paul Gauguin no teatro

Ficção de Thelma Guedes, com direção de Roberto Lage, mostra relação complexa dos dois gênios da pintura


11 de outubro de 2019

Foto: Leekyung Kim

Após temporada de sucesso em São Paulo, o espetáculo Van Gogh por Gauguin, escrito por Thelma Guedes e com direção de Roberto Lage, está em cartaz na Casa de Cultura Laura Alvim, no Rio. A peça mostra a relação complexa do holandês Vincent Van Gogh (1853-1890), vivido por Alex Morenno, e do francês Paul Gauguin (1848-1903), interpretado por Augusto Zacchi, que se tornariam dois dos maiores nomes das artes no mundo.

“A peça conta a história não biográfica destes dois gênios da pintura. O Gauguin no final da vida completamente sozinho, abandonado, doente, tomado por delírios da doença. E nesse último suspiro ele é visitado pelo “fantasma” do Van Gogh, decorrente de um sentimento de culpa que ele tinha do que aconteceu com Van Gogh em vida”, conta Augusto Zacchi.

O ponto de partida para a montagem da peça foi a semelhança física de Morenno com Van Gogh. “Eu estava em cartaz com Cartola, as pessoas me viam e falavam, ah, o Van Gogh chegou. Eu não conhecia o homem, eu conhecia as obras. E nisso de ficarem me chamando de Van Gogh, fui atrás da história dele e amei. Aí convidei o Lage, depois a Thelma”, conta Morenno.

 

 

Como não se trata de um espetáculo biográfico, mas de um encontro ficcional entre os pintores, a direção priorizou o trabalho de interpretação para criar um universo cênico que remeta aos padrões cromáticos dos dois artistas, levando o espectador a refletir sobre o que levou essa grande amizade a um trágico fim. “Van Gogh por Gauguin é um trabalho puramente emocional. Não passa pela ‘tese’ sociopolítica que sempre defendi no palco”, conta Roberto Lage.

O espetáculo fica em cartaz até o dia 27 de outubro, no Rio. “A expectativa aqui é que a gente consiga tocar as pessoas, que elas saiam da sala da inspiradas, que queiram ver as obras destes dois artistas geniais. Que isso de alguma forma desperte esse interesse em relação a eles, que tanto contribuíram para a nossa sociedade, para a nossa arte. Espero tocar o público de uma maneira muito delicada”, finaliza Morenno.

Van Gogh por Gauguin. Drama. Até 27/10. Casa de Cultura Laura Alvim. Av. Vieira Souto, 176, Ipanema. Rio. Sextas e sábados, às 20h; e domingos às 19h. De R$ 25,00 a R$ 50,00. Duração: 75 min. Classificação: 14 anos.

Cyria Coentro leva torrente de emoções de uma relação amorosa aos palcos

Guilherme Winter e Gabriel Gracindo estreiam Perdido