A Serpente retrata amor de duas irmãs pelo mesmo homem

Última e mais curta peça de Nelson Rodrigues estreia no Rio


  • 03 de agosto de 2018
Foto: Leekyung Kim


Com direção de Eric Lenate, após temporada de sucesso em São Paulo, A Serpente estreia nesta sexta-feira, 3 de de agosto, em curta temporada, no Rio, no CCBB. Conhecida como a última e mais curta peça escrita por Nelson Rodrigues, em 1978, a montagem tem apenas um ato.

No texto do “anjo pornográfico”, como de costume, ele cria polêmica ao retratar o amor de duas irmãs pelo mesmo homem. No elenco, Carolina Lopez, Fernanda Heras, Eric Lenate, Rodrigo Caetano e Ana Negraes.

ERIC LENATO DIRIGE TERCEIRA PEÇA DE NELSON RODRIGUES

Em sua terceira experiência na direção de uma peça de Nelson Rodrigues – a primeira foi Vestido de Noiva, em 2013, e a segunda, Valsa Nº6, em 2015 -, Eric Lenato ressalta a capacidade impressionante do autor de nos deixar constrangidos com nossa própria miséria e obtusidade.

“Sua obra deitada no papel é um espelho cruel de nossa face horrorizante. Ele é e será sempre bem-vindo em qualquer período de obscurantismo e miséria intelectual”, diz o diretor.

Foto: Leekyung Kim

SINOPSE

Duas irmãs, que vivem no mesmo apartamento com seus respectivos maridos, juraram nunca se separar. Guida e Paulo vivem uma aparente e interminável lua de mel, já Lígia e Décio não chegaram sequer a consumar o casamento. Lígia decide se suicidar por causa da infelicidade no relacionamento, mas Guida, como tentativa de impedir a morte da irmã, oferece o próprio marido por uma noite. Essa oferta move toda essa trama de amor e morte.

A Serpente. De 03/08 a 03/09. Teatro II – CCBB Rio de Janeiro. Rua Primeiro de Marco, 66, Centro. De quinta a segunda, às 19h. R$ 30,00. Duração: 60min. Classificação: 16 anos.



Veja Também