Carlos Arruza, que fez O Outro Lado do Paraíso, prepara musical

Destaque nos palcos, ator viveu médico gay demitido por Samuel na trama


  • 14 de janeiro de 2018
Foto: Rodrigo Negrini


O ator Carlos Arruza, que fez uma participação em O Outro Lado do Paraíso como o radiologista Mariani, que foi demitido por Samuel (Eriberto Leão) por ser gay, é destaque do teatro musical. Entre os espetáculos no currículo, as superproduções Comunitá – um musical italiano, Mamma Mia e Ou Tudo Ou Nada.

“Foi um prazer cantar as canções italianas dos anos 50 e 60 em Comunità. Era um sucesso de público e crítica e me rendeu convites para trabalhar em outras grandes produções. Em Mamma Mia, pela primeira vez fui avaliado por uma produção estrangeira e tive a felicidade de ser aprovado para este musical tão feliz”, lembra ele.

Em O Outro Lado do Paraíso. Foto: Divulgação

Aos 48 anos, e com quase 30 de carreira, o ator estreou, aos 19 anos, na peça Os Três Mosqueteiros, encenada no Teatro João Caetano, Rio. Aos 23, se formou pela tradicional CAL – Centro as Artes de Laranjeiras, no Rio. Apesar de atuar muito nos palcos, ele também adora fazer TV. Além da novela de Walcyr Carrasco, ano passado, o ator fez uma participaçao em Malhação: Viva a Diferença. “Comecei a estudar teatro pensando na TV. Quero continuar e fazer mais trabalhos neste meio”, diz.

Foto: Rodrigo Negrini

Mas como o palco é uma de suas paixões, Arruza, que também é produtor, finaliza texto de sua autoria para um musical infantil.

“Compus as músicas e convidei Cláudio Tovar, Letícia Spiller e Amora Pêra, que gravaram algumas canções e já estão em CD”, conta. 



Veja Também