O Tempo Não Para: Pinta um clima entre Samuca e Walesca

Com Marocas cada vez mais dificil, empresário quase beija guarda-costas


  • 25 de setembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Nem parece que Marocas (Juliana Paiva) veio do século XIX. A jovem mostra-se a cada dia uma mulher à frente do seu tempo, desde que foi “descongelada”. Ainda mais quando o assunto é o coração. Nem mesmo o amor que sente por Samuca (Nicolas Prattes) amolece o coração dela a dar uma nova chance ao empresário.

Assim, Samuca, apesar de amá-la, continua cada vez mais assediado pela mulherada. Seja por Betina (Cleo) ou até mesmo por sua nova segurança, Walesca (Carol Castro).

O Tempo Não Para: O revival de Samuca e Marocas

O Tempo Não Para: Miss Celine expulsa Elmo de seu quarto

WALESCA PARA SAMUCA: “ACHO MELHOR VOCÊ NÃO INSISTIR COM A MAROCAS. VOCÊ PODE ACABAR SE MACHUCANDO”

Sempre muito profissional, Walesca evita ao máximo dar palpite na vida pessoal do seu chefe, Samuca, a quem passou a fazer a segurança pessoal desde que ele sofreu um atentato. Mas a proximidade e o fato de ela acompanhar todos os acontecimentos da vida dele, fazem com que ela emita sua opinião sobre alguns assuntos mais íntimos.

Os dois estão tomando café no apartamento de Carmen (Christiane Torloni) logo após Betina chegar. E Samuca fala brincando. “Quando a Betina tiver por perto, você pode colar em mim como nunca. Essa mulher é uma ameaça à minha segurança, e também ao patrimônio público. Quando ela está com raiva, sai quebrando tudo”, diz ele.

Walesca se surpreende. “Você fala com conhecimento de causa”, diz ela. “Se eu te contar o que ela já aprontou por aí, você chama a polícia na hora”, afirma o jovem. “Prefiro nem saber”, ressalta ela. Nesse momento, Samuca fica pensativo, e Walesca repara.

Com cuidado, ela começa a falar. “Samuca, eu posso te dar um conselho de mulher?”, pede. Ele diz que sim. “Acho melhor você não insistir com a Marocas. Você vai se expor demais, pode acabar se machucando”, aconselha. “Isso dito por uma guarda-costas, acho que eu devo levar a sério”, responde.

E ela avisa. “É sério mesmo. Mulher não quer saber de homem vulnerável”, diz Walesca. “Então, eu tô ferrado”, diverte-se ele. Nisso, Betina entra e abre um sorriso para Samuca. “Ah, te encontrei!”. E ele responde, irônico. “Sim, encontrou”. Logo, ele troca um olhar cúmplice com Walesca, deixando a vilãzinha desconfiada.

CLIMA DE ROMANCE NO AR: SAMUCA E WALESCA POR POUCO NÃO SE BEIJAM

Mais tarde, Samuca precisa passar em sua casa para resolver uma questão, e Walesca vai junto, claro. “É rapidinho, só vou pegar um documento que eu esqueci lá dentro e já volto”, diz ele. Waleska fica na sala, olhando tudo a sua volta, com interesse.

Samuca volta, e pergunta a ela se está tudo bem. “Samuca, eu não fui completamente honesta antes com você. Quando eu disse que as mulheres não gostam de homens sensíveis”, confidencia. “Vulneráveis... Você falou vulneráveis”, lembra ele. “Você prestou atenção”, fala ela.

Logo Samuca diz que foi um bom conselho. “Não foi. Nem todas as mulheres desgostam de homens sensíveis, ou vulneráveis”, afirma a guarda-costas. E ele a desconcerta. “E você?”, quer saber o empresário. “Eu? Eu acho que é preciso muita coragem pra um homem admitir que está sofrendo, que está machucado por dentro. É muito mais fácil pra vocês mostrarem uma cicatriz do que um coração partido”, ressalta ela.

Samuca assente. Os dois nessa hora já estão bem próximos, um diante do outro. E quase se beijam... Mas num impulso, ambos recuam. “Samuca, eu... não sei se...”, fala Walesca. Nesse instante, Betina entra no apartamento. “Se eu estiver atrapalhando, posso voltar outra hora”, diz a malvada, desconfiada. “Não, imagina”, afirma Walesca. E Samuca ali ao lado, todo constrangido.



Veja Também