O ator Rafael Cardoso mostra o lado de pai babão de Aurora

Seu personagem na trama das 9 vai revelar-se o grande vilão da história


  • 15 de fevereiro de 2018
Foto: Reprodução Instagram


No ar como o médico Renato, de O Outro Lado do Paraíso, Rafael Cardoso é um paizão daqueles bem babões. Pai de Aurora, de 3 anos, ele aguarda agora a chegada de Valentim. Sua esposa, Mariana Bridi, está grávida de quase seis semanas. Veja os vídeos do ator com a primogênita. Você vai se apaixonar!

Pai e filha. Foto: Reprodução Instagram

 

 

 

 

 

Papai finge que não presta atenção pra ela dançar.... #familia #tocandoprotimtim @maribridicardoso

Uma publicação compartilhada por Rafael Cardoso ???? (@rafaelcardoso9) em

 

 

 

Bom dia com beijinho de esquimó ???? #semeandoamor

Uma publicação compartilhada por Mari Bridi (@maribridicardoso) em

 

 

 

 


 

Renato é o grande vilão de O Outro Lado do Paraíso

O personagem de Rafael Cardoso na trama das 9, de bonzinho não tem nada. Segundo a jornalista Carla Bittencourt, da coluna Telinha, do jornal Extra, o médico Renato vai se revelar como o grande vilão da história de Walcyr Carrasco.

Tudo começa quando ela mexe no rosário feito por Elizabeth (Gloria Pires) numa gaveta e encontra uma pasta antiga com documentos do pai, que nunca mexeu. Ao abrir, se depara com uma foto do médico com o seu pai. Imediatamente, Patrick (Thiago Fragoso) liga para o hospício onde Clara ficou 10 anos internada.

Mesmo assim, ela vai ao casamento marcado com ele. Mas, na hora do “sim”, diz em alto e bom tom, “não”, na frente de todos os convidados. Humilhado, Renato tira satisfações com a mocinha. E ela lhe mostra a pasta e o acusa de tentar matá-la durante a fuga do hospital psiquiátrico.

Durante uma longa conversa e tentativas do médico de se safar das acusações de um possível interesse nas esmeraldas dela, Clara mostra notas fiscais em nome de Renato. “Era você quem comprava os explosivos que mataram meu pai. Meu pai estava certo que no terreno tinha uma mina de esmeraldas", diz ela.

Segundo Clara, ele também pretendia a guarda de Tomaz (Vitor Figueiredo) para ficar com as esmeraldas. E quem a alertou disso foi Lívia (Grazi Massafera).

O médico reluta em admitir sua culpa, até que é encurralado por Clara. "Não resolvi sozinho. Acredita que eu tava sozinho nessa?", diz ele. Aí entra um flashback inédito, mostrando uma conversa dele com Sophia (Marieta Severo).

No papo, a então sogra dele diz que Clara nunca sairá do hospício, mas Renata indaga a possibilidade de um médico dar alta a ela ou Gael (Sérgio Guizé) descobrir seu paradeiro. "Sophia, só preciso que controle a Lívia, e me ajude a conseguir emprego naquele hospício", pede ele. "Tenho muitos contatos. Conseguir o emprego será fácil. Promete se livrar da Clara?", instiga Sophia.

Aí eles descobrem que foi o próprio Renato que matou Beatriz (Nathalia Timberg) lhe dando remédios errados. Nisso, Patrick parte para cima do rival. “Maltido, matou a minha tia”, grita. Até que Clara pergunta, qual era o seu plano? “Te matar!”.

Haja fôlego!


 



Veja Também