Espelho da Vida: “Presa” nos anos 30, Cris perde leitura de filme

Possesso, Alain intima Margot se a jovem participa de alguma seita ou tem novo amor


  • 22 de novembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


O fato de ter ficado “presa” em uma de suas “viagens ao passado”, fez Cris (Vitória Strada) perder um importante compromisso profissional, a leitura com todo o elenco do fime Amor Imortal.

Alain, Claro, fica possesso. Essa sequência está prevista para ir ao ar a partir do dia 27 de novembro.

Espelho da Vida: Cris fica “presa” no passado por causa de Alain

Espelho da Vida: Alain e Cris frente a frente no espelho de Julia

ALAIN NA LEITURA DO FILME COM ELENCO: “CRIS NÃO CHEGOU E EU NÃO VOU MAIS ESPERAR CHEGAR”

Praticamente todo o elenco do longa dirigido por Alain está reunido no casarão para a leitura do filme. “A Cris sabe que o horário da leitura é este?”, pergunta, impaciente, o diretor. “Foi enviado por email e celular pra todo mundo, chefe”, diz Bola (Robson Nunes). “Dá mais um tempinho pra ela, diretor...”, pede Débora (Luciana Malcher).

Alain bufa, de saco cheio. Nesse momento, Daniela (Renata Tobelem) entra com Jorge Benício (Miguel Coelho), ator que interpretará Danilo Breton (Rafael Cardoso) no filme. “Jorge Benício. Olha só como ele é lindo...”, diz Carmo (Vera Fischer). Todos o cumprimentam, e ele realmente lembra muito o Danilo. “Que bom que você chegou, cara. Seja bem-vindo! Já conhece todo mundo aqui, né?”, diz Alain. Ele diz que sim. “Que elenco dez, só não conheço mesmo a mina que vai fazer a Julia, cadê ela?”, pergunta Jorge.

“É a Cris Valência, mas pelo visto ainda não chegou”, diz Daniela. “Não chegou e eu não vou mais esperar chegar. Em respeito aos outros colegas que estão aqui no horário, vamos começar a leitura. Deixa ver como vamos fazer aqui pros personagens que não estão”, afirma Alain. Mariane (Kéfera Buchmann) se faz de prestativa. “Bom, se você não se importar eu posso ler as falas da Julia também”, diz ela.

Alain concorda, e começa a ler o roteiro. “Fade in. Exterior da fazenda, num amanhecer com céu em brasas, cavalos brancos e selvagens correm em disparada pelos campos. Uma jovem está diante deles, apavorada, mesmo com a beleza da situação. É Julia Castelo, 20 anos. Ela corre pelo campo. Em direção a um homem que não sabe quem é...”. Mariane lê no lugar de Cris. “Danilo, Danilo, socorro, não posso viver sem você, me ajuda, me ajuda”, pede a jovem.

“Acorda, Julia, acorda meu amor”, lê Jorge Benício. “Julia acorda assustada de seu sonho lindo mas com muito medo. A vida real chama. Ela só não sabe se está pronta...”, lê Alain, e Mariane ali, no céu, substituindo a protagonista Cris.

ALAIN AFIRMA À MARGOT QUE CRIS TEM OUTRO HOMEM: “SÓ QUERO CONHECER A CARA DO SUJEITO. AÍ QUEM SABE EU ME CONFORME”

Após a leitura, com cara de poucos amigos, Alain fala com Margot (Irene Ravache) no casarão. “Onde está a Cris, Margot?”, quer saber ele. “Me assustou, Alain...”, diz ela. “Desculpa. Você sabe onde a Cris está e vai me dizer, Margot. Agora”, intima ele. “Alain, o que é isso? Não vejo a Cris desde cedo”, conta ela.

“Mas tenho certeza que sabe onde ela está!”, provoca ele. “Pensei que estivesse com a Ana na pensão”, diz ela. “Não está. A Cris faltou a um compromisso de trabalho, isso nunca aconteceu antes”, conta ele. “Eu não sabia disso, sinto muito”, fala a viúva. “Você não tem que sentir nada, não é responsável pelos atos dela. Ou é, Margot?”, afirma ele. “Alain, eu entendo que você está passando por um período difícil, mas se controle, por favor”, pede ela, firme

Ele conta que esteve na casa de Julia, foi até o quarto da jovem, mas não encontrou Cris lá, para choque de Margot. “Ela mente. Cris vai para outro lugar e usa essas idas na casa como desculpa. Você sabe onde ela vai, não é?”, intima novamente ele. “Não sei de nada. Sinto muito. Com licença”, despista Margot. “Desde que a gente chegou em Rosa Branca você faz a cabeça da Cris pra essas paradas esotéricas, espirituais, sei lá como chama. Ela frequenta algum tipo de seita, é isso?”, pergunta ele.

“Agora você está sendo ridículo”, fala ela. “É assim que me sinto. Ridículo, idiota. Eu amo a Cris, Margot, disso você não pode duvidar”, fala ele. “Eu sei. Ela também te ama”, diz a senhora. “Não. A Cris tem outro homem. Só pode ser isso”, afirma ele. “Não, não existe ninguém, não, Alain!”, afirma ela. Mas ele não acredita e diz que é questão de tempo descobrir.

“Alain, a Cris jamais trairia sua confiança”, fala ela. “Pois é. Por isso terminou comigo. Só quero conhecer a cara do sujeito. Aí quem sabe eu me conforme. Vou ter que me conformar, não é mesmo?”, diz ele, e Margot logo da um jeito de terminar aquela conversa.



Veja Também