Espelho da Vida: Danilo diz que vai enfrentar o coronel Eugênio

Em novo encontro com Julia, pintor quer saber o que o pai dela tem contra ele


  • 01 de dezembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Ainda em “viagem ao passado”, Cris (Vitória Strada) se encontra novamente com o seu amor, Danilo Breton (Rafael Cardoso).

Desta vez, o pintor garante que quer enfrentar Eugênio (Felipe Camargo), pai dela, para saber o que o coronel tem contra ele. Essa sequência está prevista para ser exibida nesta segunda-dia 3 de dezembro.

Espelho da Vida: Cris feliz com identidade de Flávio nos anos 30

 

Espelho da Vida: Cris ouve que pode ficar para sempre no passado

BENDITA PARA CRIS/JULIA: “TAVA ME COÇANDO DE AFLIÇÃO... O PROFESSOR MANDOU UM RECADO”

Recém-chegada da igreja, onde Cris/Julia descobriu que o padrasto nos dias atuais, Flávio (Angelo Antonio), é padre Luiz nos anos 30, a jovem conversa com a mãe, Piedade (Julia Lemmertz), e com Bendita (Luciana Malcher). Elas arrumam a mesa de chá, à espera de Eugênio. “Já falou com a Bendita sobre o jantar de amanhã, mãe?”, pergunta a jovem.

“Ah, esse jantar que você inventou”, suspira Piedade. “Foi o papai que mandou, não esquece. Bendita, amanhã o novo pároco, o padre Luiz, vem jantar aqui em casa. Prepara um cardápio bem especial”, diz Cris/Julia. “Até que enfim eles manda outro padre! É de hoje que o padre Francisco foi embora de Rosa Branca, sô. Tou carregada de pecado que nem jabuticabeira na primavera”, fala Bendita.

“Que pecado você pode ter, Bendita?”, ri Cris/Julia. “Não faço idéia do que servir para esse padre, um assado, sem dúvida, batatas coradas. Um empadão de legumes, nada que desperte o pecado da gula”, fala Piedade. “Algo me diz que o padre Luiz vai adorar o tempero da Bendita e que virá a esta casa muitas vezes”, aposta Cris/Julia.

Piedade, que nem ouviu o comentário da filha, vai até a janela ver se o marido chegou. Nesse instante, Bendita chega rápido perto de Cris/Julia. “Tava me coçando de aflição por conta de vossa mãe não arredar o pé. O professor mandou um recado, Julinha”, diz a governanta. Os olhos da jovem brilham. “O Danilo? Onde ele está?”, quer saber.

DANILO À JÚLIA: “NÃO DÁ MAIS. QUERO QUE O SEU PAI DIGA NA MINHA CARA O QUE TEM CONTRA MIM”

Cris/Julia dá um jeito de sair de casa. Ela vai correndo, e Danilo a espera no lugar de sempre. Os dois querem se beijar, mas ficam com receio, já que há muitas pessoas passando pela praça. Mas eles se olham apaixonados e com desejo.

Diante de seu amor, Danilo declara-se e faz um pedido à jovem. “Estou ficando doido de saudade, vem comigo, Julia. Tenho uma surpresa pra você no atelier de minha mãe”, diz ele.

A jovem fica tentada com o convite, mas prefere refutar. “Queria muito ir lá, mas não posso, meu pai vai chegar!”, fala ela. “Está na hora de eu enfrentar o coronel. Não tem sentido nos encontrarmos como dois fugitivos, meu amor”, afirma ele.

Mas Cris/Julia pede um tempo ao pintor. “Não, ainda não! Tenho medo do que meu pai possa fazer com você! Espera mais um pouco”, pede ela. “Não dá mais. Quero que ele diga na minha cara o que tem contra mim”, fala Danilo.



Veja Também