A Dona do Pedaço: O casamento de Maria da Paz e Amadeu

Confira a cena trágica que marcará para sempre a vida do casal na nova trama das 9


  • 01 de maio de 2019
Foto: Globo/João Miguel Júnior


Há anos, as famílias Ramirez e Matheus estão em guerra, na cidade fictícia de Rio Vermelho, no Espírito Santo. Ambas são formadas por justiceiros. Mas eis que o cupido resolve trabalhar, já no primeiro capítulo de A Dona do Pedaço, unindo Maria da Paz (Juliana Paes), dos Ramirez, e Amadeu (Marcos Palmeira), dos Matheus.

O primeiro encontro, quando ele a salva de cair de um penhasco quando o cavalo de Maria dispara, é tipo amor à primeira vista. Mas é no segundo encontro que descobrem pertencerem a clãs que se odeiam. Mas o sentimento que os uniu é tão forte, que eles convencem os parentes a permitirem casamento deles. No dia da cerimônia, o local comemora 100 dias sem mortes.

 

 

Maria está radiante, imaginando que o grande dia de sua vida chegou, assim como a paz na cidade. Tanto a jovem quanto Amadeu só querem viver intensamente esse amor. Mas uma grande tragédia interrompe a felicidade do casal. No momento do simbólico “sim” da noiva, Amadeu é atingido por um tiro misterioso, e cai sobre Maria, ensanguentando todo o buquê.

Juliana Paes explica quem é “A Dona do Pedaço” Maria da Paz

JURADA DE MORTE, MARIA DA PAZ SE VÊ OBRIGADA A FUGIR E REFAZER A SUA VIDA EM SÃO PAULO

A jovem se desespera, afinal, o pacto de paz foi desfeito. O noivo é socorrido e levado por sua família a um hospital de Vitória. Ameaçada de morte pelos Matheus, Maria não consegue nem visitar o seu amor. O clã rival a culpa pelo estado de Amadeu. Assim, mesmo contra a sua vontade, ela é orientada por sua mãe, Evelina (Nívea Maria), e pelo padre da cidade (Fernando Eiras) a fugir.

Maria se vê obrigada a encarar uma nova vida, sozinha, em São Paulo. Ainda mais que, para lhe proteger, contam que Amadeu morreu, e ela se vê grávida. Agora, a protagonista tem que se virar para descobrir uma forma de sobreviver longe de sua família, do amado, e com uma criança para sustentar.

Com estreia em 20 de maio, a trama é escrita por Walcyr Carrasco, com Nelson Nadotti, Márcio Haiduck e Vinicius Vianna, tem direção artística de Amora Mautner, direção geral de Luciano Sabino e direção de André Barros, Bernardo Sá, Bruno Martins Moraes, Caetano Caruso e Vicente Kubrusly.

 

 

Paolla Oliveira e Nathalia Dill vivem irmãs separadas na infância



Veja Também