A Dona do Pedaço: Maria da Paz dá uma lição em Josiane

Jovem se diz mudada e mãe a surpreende com novo emprego


  • 16 de setembro de 2019
Foto: Reprodução Globo


Aos poucos, Josiane (Agatha Moreira) começa a pagar pelos mal feitos, não por todos porque ainda não descobriram que ela é uma assassina.

Depois de trabalhar como vendedora de loja, hostess de restaurante e até de peixeira em feira, ela procura Maria da Paz (Juliana Paes), se diz mudada, e pede um emprego. Mas ficará incrédula com a oportunidade dada pela mãe.

Essa sequência irá ao ar no dia 12 de outubro.

JOSIANE CÍNICA ENCONTRA A MÃE NO HORÁRIO MARCADO PARA TRABALHAR: “MÃEZINHA, EU TOU À DISPOSIÇÃO”

Téo (Rainer Cadete) conta à Maria que Josiane está mudada. Ela procura a mãe e pede perdão por tudo o que fez, deixando a boleira mexida. Maria conversa com Amadeu (Marcos Palmeira) e resolve dar uma chance à filha. Mas dessa vez ela vem com uma boa munição. “Faz muito bem. Tem que ser dura. Ah, não brinca, acho que já sei o emprego que vai dar pra ela”, deduz Amadeu.

Maria olha para ele e confirma. “É isso mesmo, Amadeu. Eu quero ter a prova que a Josiane mudou. O emprego é esse mesmo que você adivinhou. Tou louca pra ver”, fala. Josiane encontra a mãe no outro dia, cedo, no horário marcado. “Eu tou aqui, como prometi”, fala. “Que bom, Josiane”, diz Maria. “Disse que tinha um trabalho pra mim”, anima-se a pilantra.

Nisso, a boleira diz que ficou contente ao vê-la arrependida. “Eu tenho um trabalho sim. Muito bom. Cê, sabe, eu tou crescendo depressa”, conta ela, que a esta altura já abriu a sua nova confeitaria. “Eu sei sim, mãezinha. Fico muito contente”, fala a “falsiane”. “Cê vai me ajudar a crescer mais ainda”, diz Maria. “Mãezinha, eu tou à disposição...”, promete a malvada. “Pensei muito bem no que cê pode fazer. O mais importante é aumentar as vendas”, diz a empresária.

MARIA FALA DO NOVO EMPREGO PARA A FILHA: “CÊ VAI ME AJUDAR VENENDO BOLO NA RUA”

Josiane se anima. “Aumentar as vendas, claro. O que você quer que eu faça? Quer que eu faça posts com os bolos, mãezinha, pra vender mais?”, oferece-se ela. “Não, Josiane, não. Por enquanto minha venda é mais direta mesmo”, explica Maria. “Eu imagino, mãezinha. Que você quer que eu faça? Diga, que eu faço”, pede. Nisso, Tonho (Betto Marque) entra com o carrinho. “Cê vai me ajudar vendendo bolo na rua. Tonho, me ajuda a botar os bolos, já deixei separado”, pede Maria.

Josiane não acredita. “Bolo na rua?”, fala. “Num dia de bolo na rua, cê dobra o movimento da confeitaria. Cê só tem que vender, ser simpática... tá tudo certo”, ensina Maria. “Mas eu...”, tenta intervir Jô. “Cê não disse que tá arrependida? Que tá aceitando qualquer trabalho?”, lembra Maria. “Só fiquei surpresa. Dá o carrinho”, pede a jovem. “Se eu vendi, por que cê não pode vender?”, fala Maria.

Logo Josiane já está na rua com o carrinho. Ela abre, olha par os lados e com a voz fraca e desanimada, fala: “Ó o bolo, ó o bolo”. Um cliente se aproxima. “A boleira chegou”, diz ele, animado. “A boleira!”, fala outro cliente. As pessoas vão se aproximando em volta do carrinho. Josiane se assusta, ainda incrédula por ter virada “boleira”, título da mãe que tanto a envergonhava.

A Dona do Pedaço: Rock pede uma chance à Joana

A Dona do Pedaço: Avó dá pista de que Joana pode ser a filha de Maria da Paz

 



Veja Também