Gênesis: José sofre ao ter a cabeça raspada para virar escravo no Egito

O rapaz vive momentos de mais dor ao lado do parceiro Abumani


09 de setembro de 2021

Assim que chegam ao Egito, José (Juliano Laham) e o seu amigo Abumani (Dudu de Oliveira) estão exaustos, doídos e muito sujos, em Gênesis. O mercador Issad (Ricardo Dantas) deixa eles se banharem no rio para parecerem mais limpinhos. Após o mergulho, eles se assustam ao Issad na beira do local com os seus dois ajudantes e mais dois capatazes egípcios. Issad olha para os ajudantes e ordena que comecem pelo cuxita, que é Abumani.

Ele e José se entreolham, estranhando. Os homens pegam Abumani e o forçam a se sentar no chão. “O que vocês tão fazendo?”, diz ele, assustado. José observa tudo nervoso, sem poder fazer nada para ajudar. Issad dá uma chicotada no chão para assustar os dois. Os ajudantes pegam, cada um, uma pedra afiada de seus bolsos. “Se quiser se cortar inteiro e sangrar até à morte, problema seu! Mas acho melhor ficar quieto e deixar eles fazerem o trabalho”, fala Issad.

JOSÉ IMPLORA PARA NÃO TER O CABELO RASPADO: “NÃO TENHO PIOLHO, SOU HEBREU. MEU CABELO FAZ PARTE DE QUEM EU SOU”

Nesse momento, o capataz e o ajudante começam a raspar o cabelo de Abumani com a pedra. “Egípcio nenhum vai comprar escravo com essa cabeleira toda. Quem suportaria os piolhos?”, fala Issad. Em seguida, ele dá a ordem para os outros dois homens fazerem o mesmo com José. “Não faz isso comigo, não! Por favor! Não faz isso!”, implora. O carrasco nem liga para o que o escravo fala. “Eu não tenho piolhos. Não precisa raspar meu cabelo. Eu sou hebreu. Meu cabelo faz parte de quem eu sou!”, fala. Issad lhe dá um aviso. “Pois agora vai ter que parecer um egípcio!”.

José vê que não tem escolha, e dão início à raspagem do cabelo dele. Nisso, o rapaz se lembra de momentos da infância em que perguntava a Jacó (Miguel Coelho) quando teria uma barba e o cabelo igual ao pai. “Em breve, meu filho. Em breve você vai se tornar um homem e vai ser tão cabeludo quanto o seu pai”. José volta a sua dura realidade. Ele está com os olhos marejados. Momentos depois, quando os ajudantes e os capatazes se afastam, José e Abumani se olham. Eles passam a mãos em suas carecas, tentando digerir a nova realidade.

Gênesis: José ganha Abumani como amigo e cúmplice e faz pacto em meio aos dias de sofrimento como escravo

Marianna Alexandre estreia na TV como a doce Amarilis de Gênesis: “Ela é luz”