A Favorita: Cassiano humilha Céu após ser renegado por Lara

O rapaz vê a amada em boate com Halley e faz escândalo


23 de junho de 2022

Foto: Reprodução Globo/Montagem

Por Ana Júlia Amaral

Nos próximos capítulos de A Favorita, Cassiano (Thiago Rodrigues) leva Céu (Deborah Secco) aos prantos após ser renegado por Lara (Mariana Ximenes). O rapaz fica sabendo que a amada está numa boate. Ele vai até lá e perde as estribeiras ao ver a jovem de chamego com Halley (Cauã Reymond) na pista de dança. Num ímpeto, ele se aproxima da amada e a puxa. “Lara, o que você está fazendo aqui com este cara? Você vai embora comigo agora”, diz.  

Halley se intromete, e Cassiano diz para ele não se meter. Até que o pilantra dá um soco na cara dele, que cai. Ele é retirado da casa à força e jogado na rua. Halley ainda o provoca, e Cassiano continua dizendo desaforos para ele. Lara grita que não tem nada com o rapaz, que são só amigos. “Que ridículo eu estar falando isso pra você, que ridículo você, que ridículo isso tudo”. Cassiano chora. Ele diz que a ama e pede uma chance. “O que que eu posso fazer?”.

Ela diz para ele parar de forçar a barra. “É por causa daquela menina? Eu não tenho nada com ela, nem nunca tive. Você é a única mulher dessa vida que eu amo. Acredita em mim”, fala. Lara mostra todo o seu ressentimento. “Eu não acredito em você, não acredito em ninguém. Agora sai da minha frente que eu nunca mais quero ver a sua cara”. Aos prantos, ele diz que ela está mandando para longe de sua vida alguém que a faria muito feliz.

Cassiano sai, aos prantos. Halley dá uma risadinha e se aproxima de Lara, fingindo preocupação. Instantes depois, Cassiano bate com força na porta da casa de Céu. Assustado, Edivaldo (Nelson Xavier) pega uma faca, mas Greice (Roberta Gualda) diz para ele abrir porque é a voz de Cassiano. “Seu Edivaldo, cadê a desgraçada da sua filha que arruinou a minha vida?”. O patriarca fala que ele endoidou. Céu se surpreende ao vê-lo. “Você destruiu a minha vida. Tá ouvindo bem, menina? Tá satisfeita, sua louca?”.

Céu tenta falar algo, mas ele diz para ela calar a boca. “Eu não vim aqui para te ouvir. Eu vim aqui para dizer que você conseguiu o que queria. Você conseguiu me separar da Lara, da mulher que eu amo. Eu te odeio, eu te odeio muito. Você é uma praga na vida dos outros”. Edivaldo o repreende. Céu pede desculpas, mas Cassiano não a ouve. “Eu quero que você se dane. Nunca mais fale comigo, nunca mais olha pra mim. Sua mentirosa, sua vadia”. Edivaldo diz para ele sair e chora de vergonha pela atitude da filha.