Assucena apresenta Rio e também posso chorar – Fatal 50 no Diálogos Musicais Direitos Humanos

No evento serão lançados editais do Fundo Brasil para apoio a organizações e coletivos no ano de 2022


10 de dezembro de 2021

Nesta sexta, 10 de dezembro é o Dia Internacional Dos Direitos Humanos e data em o Fundo Brasil completa 15 anos. Para celebrar a data, acontece nesta sexta, a partir das 21h, o Diálogos Musicais em Direitos Humanos, com show de Assucena, no Teatro Paulo Autran, no Sesc Pinheiros, São Paulo. Rio e também posso chorar – Fatal 50, é um tributo ao Corpo e à Voz Livre e uma homenagem ao álbum Fatal – Gal a Todo Vapor, de Gal Costa, que em 2021 completa 50 anos.

No apresentação, serão lançados editais do Fundo Brasil de Direitos Humanos, para apoio a organizações, grupos e coletivos no ano de 2022. O Fundo é uma instituição independente e sem fins lucrativos que apoia grupos de defesa e promoção dos Direitos Humanos no Brasil, destacando a importância da sociedade civil organizada na garantia de direitos fundamentais para todas as pessoas.