Rainhas sem rixa! Juliana Paes passa coroa à Paolla Oliveira

Estrelas de A Dona do Pedaço dão exemplo de sororidade na Grande Rio. Veja tudo aqui!


  • 22 de setembro de 2019
Foto: Montagem


Estrelas de A Dona do Pedaço, Juliana Paes, a Maria da Paz, e Paolla Oliveira, a Vivi Guedes, são Rainhas também no coração dos brasileiros. E desmentindo qualquer tipo de rixa entre elas nos bastidores da trama das 9, Juliana fez questão de ir até a quadra da Acadêmicos da Grande Rio, na noite deste sábado, 21, para passar a coroa de Rainha de Bateria à Paolla.

Após 10 anos, Paolla está de volta à frente da Invocada. “Só tenho que agradecer Caxias. Estou muito feliz de estar voltando. E espero substituir o posto a altura de Juliana Paes, um nome enorme, uma mulher linda, que gosta de samba e já está no carnaval há muito tempo. E é um posto tão querido, não é só estar à frente, linda, é estar pertinho do coração da escola, que tem uma comunidade aí enorme, que se dedica e tem seus momentos de felicidade em dias tão difíceis, né?”, disse.

Nomes como Lucy Ramos, Renata Kuerten e Antonia Fontenelle prestigiaram a noite de festa, que também comemorou os 31 anos da escola de Caxias. Na ocasião, também foi escolhido o samba-enredo para o Carnaval 2020.

Foto: Mario Grave

AMIGAS E COLEGAS QUE DIVIDEM, SIM, O CAMARIM EM A DONA DO PEDAÇO

Apesar do ritmo intenso de gravações, Juliana Paes chegou também linda e poderosa à quadra com vestido de estampa de onça e flores vermelhas no cabelo. A atriz contou que fez de tudo para poder estar ali naquele momento, principalmente para cessar qualquer tipo de comentário sobre rivalidade entre as duas.

“Nós mulheres precisamos mostrar que somos unidas, que a fofoca e a maledicência não podem ser mais fortes do que a gente. Eu e a Paolla temos uma excelente relação. Nó compartilhamos camarim sim, nós dividimos cenas, trocamos ideias para fazer bem nosso trabalho, trocamos figurinha fora de cena...”, contou Ju.

 

 

UM GRITO CONTRA A INTOLERÂNCIA RELIGIOSA E A ESCOLHA DO SAMBA DE 2020

Com o tema Tata Londirá – O Canto do Caboclo no Quilombo de Caxias, a Grande Rio homenageará Joãozinho da Gomeia, pai de santo baiano que ficou conhecido internacionalmente por seus trabalhos espirituais em Caxias, no Carnaval 2020.

Pouco antes da escolha do samba enredo da agremiação, foi feito um manifesto pela tolerância religiosa, já que o município enfrenta recorrentes ataques a templos de candomblé, com a presença de líderes de diversos credos. Nomes como o babalaô Ivanir dos Santos, Padre Bráulio Francisco e o Pastor José Barbosa Jr. fizeram discursos emocionados.

Depois foi anunciado o samba campeão do concurso deste ano. Concorreram cinco obras, e sagrou-se vencedor o samba assinado em parceria por Derê, Robson Moratelli, Rafael Ribeiro e Toni Vietnã. Os ensaios de comunidade na quadra iniciam no dia 1º de outubro, sempre às terças-feiras.

Juliana Paes fala do encontro de Maria da Paz e Joana no capítulo 100

Paolla Oliveira: “É um romance fora dos padrões, as pessoas compram”



Veja Também