Bom Sucesso: Famílias Silva e Prado Monteiro festejam derrocada de Diogo com brinde à cultura

Casais Paloma e Marcos e Nana e Mario comemoram boas notícias


  • 09 de janeiro de 2020
Foto: Montagem


O medo de ver Paloma (Grazi Massafera) e sua família atacados mais uma vez por Diogo (Armando Babaioff) fez Alberto (Antonio Fagundes) abrigar todos na mansão.

E durante um jantar, todos acabam comemorando o início da derrocada do vilão, ao encontrarem documento que prova que o livro O Satanás Burlesco é mesmo de Eric Feitosa (Jonas Bloch).

Essa sequência deve ser exibida no dia 15 de janeiro.

ALBERTO BRINDA À DERROCADA DE DIOGO E A TODOS QUE DESEJAM DESTRUIR A INTELIGÊNCIA E A CULTURA

Após a boa notícia, há um jantar comemorativo com a família de Paloma, de Alberto, e mais Machado (Eduardo Galvão), Leila (Alexandra Martins), Tonho (Anderson Müller) e Batista (Marcelo Flores). Bezinha (Thais Garayp) chega com uma enorme travessa de prata, tampada. “Da próxima vez que o senhor resolver fazer um jantar com tanta gente assim, me avisa com antecedência. Eu quase tive um troço pra produzir esse estrogonofe”, fala a governanta.

Alberto pede para ela parar e chororô. “E senta logo nessa mesa”, diz ele. “Eu?”, surpreende-se Bezinha. “Lógico! Ou você não vai querer comemorar a derrocada do canalha do Diogo?”, fala o empresário. “É claro que sim!”, festeja Bezinha. “Então senta que eu quero fazer um brinde”, avisa o patriarca. Quando Bezinha senta, Alberto levanta com uma taça de vinho. “Eu gostaria de brindar a todos aqueles que se empenharam nessa luta pra derrubar essa figura nefasta, que pretendia destruir a editora Prado Monteiro”, fala.

E o empresário continua falando, feliz. “À derrota desse energúmeno e daqueles que desejam destruir a inteligência e a cultura em todas as suas manifestações. Saúde!”, diz ele. E todos gritam “Saúde” juntos. Ao fim do jantar, Machado se despede. “Amanhã tenho um dia importante pela frente”, conta ele. Gabriela se despede do sogro. “E doutor Machado, manda um beijo pro Vicente. Diz que eu tô morrendo de saudade”, fala.

Logo o esperto Peter (João Bravo) intervém. “Como assim? Fica o dia inteiro com ele no zap”, lembra. “Mas ao vivo é outra coisa. E se puder manda esse recado na frente da dona Eugênia”, fala a garota, na ironia. “Mas é muito abusada. Não sei a quem puxou”, constata Paloma. “Eu sei muito bem”, diz Marcos. E todos se divertem, na maior harmonia e descontração.

PALOMA A MARCOS: “ESSE JANTAR, PARECEU ATÉ CEIA DE NATAL: TODO MUNDO JUNTO, COMEMORANDO”

Um pouco depois, já no quarto, Mario (Lucio Mauro Filho) e Nana (Fabíula Nascimento) estão sentados na beirada da cama. “Finalmente a gente vai conseguir provar que o Satanás Burlesco não é do Diogo”, fala ela. “Já é uma vitória e tanto! Mas, enquanto ele não tiver na cadeia, eu me preocupo com você, ficando sozinha com ele na editora”, ressalta o poeta. “O Machado disse que é questão de dias pra gente expulsar o Diogo de lá. E pra sempre”, avisa ela.

Mario faz um carinho no rosto da amada Nana, quando Sofia bate à porta. “Entra!”, diz Nana. “Vim dar boa noite!”, fala a menina. “Eu já ia no seu quarto, filha”, diz Nana. “Mas eu vim aqui primeiro. Quero fazer que nem o Peter me ensinou. Abraço de família!”, fala. “Tô incluído?”, pergunta Mario. “Claro. Você agora não é mais o tio da camisa esquisita. É meu segundo paizão da camisa esquisita!”, afirma a menina. E o trio se abraça, emocionado.

Já no seu antigo quarto, Marcos troca carinhos em momentos romântico com Paloma. “Esse jantar, pareceu até ceia de Natal: todo mundo junto, comemorando”, diz ela. “Tô sentindo uma coisa tão boa, sabe? Sentindo que finalmente vai ficar tudo bem. Que a gente vai pegar o Diogo, o Pessanha logo depois, que eu não vou ser preso...”, diz ele. “E o sol nascerá outra vez. Que nem na música”, afirma Paloma.

Bom Sucesso: Marcos e Paloma fortalecem o seu amor em momento difícil

Bom Sucesso: Vicente e Gabriela sonham em viver junto e jogar fora do país



Veja Também